Depois de termos fortes registros de neve no Rio Grande do Sul, principalmente na região serrana, onde Juventude e Caxias treinaram com temperaturas negativasno meio desta semana, fomos atrás de outros fatos deste gênero ocorridos no estado.

Segundo o historiador e autor do livro "Pé-frio, futebol e neve no Brasil" - Henrique Porto ocorreram pelo menos cinco jogos com neve em nosso estado; todos eles registrados na década de 70.

O primeiro se deu em julho de 1975; para ser mais preciso, no dia 17 do mês e ano. O duelo foi entre Juventude x Inter de Santa Maria, que se encararam no Alfredo Jaconi em partida amistosa, com os Jaconeros vencendo o compromisso por 2 a 0.

Três anos depois ou pouco mais que isso, no dia 12 de agosto de 1978, foi a vez do Caxias x Cruzeiro-RS experimentarem tal sensação, em uma tarde gelada de sábado, no Estádio Centenário, sendo essa segundo o historiador a única partida a ser jogada de dia e com neve no Brasil. A mesma ainda conta com um toque a mais, visto que tinha em campo Luis Felipe Scolari; sim, Felipão estava em campo pelo time da Serra. O duelo ficou no 2 a 2.

Grêmio x Esportivo na neve

Além da dupla Ca-Ju, o Grêmio também experimentou a sensação de jogar uma partida de futebol com neve em pleno Rio Grande do Sul; o confronto foi diante do Esportivo, na Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, em duelo válido pelo Campeonato Gaúcho e que foi transmitido ao vivo em TV aberta. O placar ficou 0 a 0.

Neste mesmo dia, mais uma vez em Caxias do Sul, no Estádio Centenário, Caxias x Bagé jogaram também em um gramado coberto pela neve - outro jogo válido pelo estadual e com vitória do Caxias por 1 a 0.

Em Passo Fundo, no mesmo dia 30 de maio de 1979, Gaúcho x Farroupilha também puderam experimentar a sensação negativa de futebol na neve. O jogo foi no estádio da Montanha, que não existe mais e finalizou com o placar de 0 a 0.