Fortunato Neto, VP de patrimônio do Sport, esclarece as obras que ocorrem na Ilha

Assim, em uma conversa de quase uma hora o Vice-presidente de patrimônio do Sport Club do Recife esclareceu os projetos, obras e reformas que ocorrem hoje no complexo da Ilha do Retiro. Nesse sentido, o dirigente também falou sobre intervenções futuras no clube.

Projetos que visam o futuro

Dessa forma, o engenheiro civil começou falando dos projetos que o clube tem de intervenções estruturais visando melhorar e experiência e o conforto do torcedor rubro-negro. Dessa maneira, ele nos explicou que o clube pretende fazer algumas reformas que vão atingir os banheiros que ficam nos setores cadeiras e camarotes, das curvas do estádio.

Ainda mais, o diretor do Leão da Ilha acrescentou que a equipe pernambucana pensa em melhorias na questão de acessibilidade em alguns setores da casa rubro-negra. Além disso, Fortunato elucidou uma das maiores preocupações do torcedor leonino que é o gramado da Ilha do Retiro. Assim, o vice-patrimonial do Supertime da Ilha disse que já foi encomendado um orçamento para a troca inteira do gramado do Caldeirão Rubro-negro. 

“A gente já encomendou um orçamento, estamos aguardando receber esse orçamento nos próximos dias para a troca inteira do solo e do gramado” Informou o diretor do Sport.

Além do estádio em si, outras obras podem ser feitas são nos ginásios como o Marcelino Lopes e outros que hoje são para as modalidades do vôlei, futsal e hóquei. Foram chamadas empresas para que possam fazer um orçamento visando reformas desses locais.

Ilha do Retiro e CT: Um canteiro de obras

Além dos projetos para o futuro do clube, quem anda pelo complexo da Ilha do Retiro percebe que o Sport já toca algumas obras dentro de sua sede social, assim como no CT da equipe. Dessa forma, foram reformados 18 banheiros da Ilha que incluem por exemplo o setor da arquibancada sede, placar e da frontal também. O clube também fez alguns reparos no camarote que fica debaixo do placar, setor que fica os visitantes no estádio.

“Tem algumas coisas que a gente vai anunciar nos próximos dias, algumas obras que iremos tá entregando, não posso falar ainda. São surpresas boas para o torcedor” Falou Fortunato deixando o suspense no ar.

Nesse sentido, um ponto que deixou o torcedor leonino feliz foi a reabertura do parque aquático rubro-negro, na sede social do clube, que passou por reformas como a troca das bombas. De acordo com o VP de patrimônio do Sport, tinha uma das bombas da piscina tinha mais de 50 anos sem nunca ter sido feita a troca dela.

O clube não deixa as melhorias apenas para o complexo de sua sede social, o Centro de treinamento da equipe também vem sofrendo intervenções estruturais. Assim, uma dessas obras é a da subestação do CT José de Andrade Médicis que irá permitir a colocação de ar-condicionado em todo o departamento de base.

“Na época quando o CT foi concebido ele não contemplava esse hotel da base. Depois foi construído, foi feito, e aí a parte elétrica não suporta. A gente hoje está renovando toda a parte elétrica que vai permitir a colocação desses ar-condicionado” relatou o Vice de patrimônio do clube.

Além delas o clube também está terminando duas obras que vão atingir a área que fica o Apart hotel e um novo alojamento será feito onde irá ser destinado ao time feminino rubro-negro. Nesse sentido, ambas já em estágio final de execução. Assim, também será feita uma sala de psicologia para o futebol feminino e uma sala de atendimento para mulheres em dia de jogo que será voltada para campanha contra a violência contra as mulheres.

Fortunato Neto, VP de patrimônio do Sport, esclarece as obras que ocorrem na Ilha
Obras na Ilha do Retiro

Um estádio mais acessível

Dessa forma, foi explicado também sobre as obras que vão com o objetivo de melhorar a interação entre o estádio e as pessoas com deficiência. Assim, pela Ilha do Retiro ser um estádio que beira os seus 90 anos, ela apresenta problemas que atingem diretamente o público PCDs. Nesse sentido, existe um projeto dentro do clube que é voltada para as cadeiras ampliações tanto na de Dubeux e na de Wanderson.

“Estamos pensando em um projeto nas cadeiras ampliação, tanto na de Dubeux e também na de Wanderson. Vamos ver como é que isso vai ser estudado, vem sendo acompanhado pela vice-presidência de inclusão junto a um escritório de arquitetura” Elucidou sobre o tema Fortunato Neto.

Ainda foi explicado que o clube recebeu de um grupo de torcedores a proposta para que fosse feita uma ampliação de um degrau na arquibancada central, fazendo com que assistissem o jogo mais de cima. Apesar de ter gostado da proposta o diretor frisou a necessidade de fazer mais estudos para viabilizar o projeto, já que teria que ver a distância para as áreas de dispersões, também iria precisar de aprovações do corpo de bombeiros e da polícia militar para isso.

Além disso, o dirigente também falou sobre dos novos empreendimentos que serão abertos no complexo da Ilha, entre eles um novo restaurante que ocupará o lugar do antigo Varanda. Dentro das dificuldades encontradas por pessoas com deficiência no estabelecimento estava o fato do acesso ser feito por uma grande escada na entrada dele, o que fazia o empreendimento não ter acessibilidade.

Nesse sentido, o VP de patrimônio falou que o novo restaurante no setor terá uma exigência que o novo operador dê condições de acesso para as pessoas que tenham dificuldades de locomoção.

“Isso ai vai ser uma exigência que o novo operador tenha que colocar condições de acesso para os que tem dificuldade de locomoção” Disse o dirigente rubro-negro.

Novos empreendimentos

O clube anunciou, em junho, um novo complexo de tênis que será erguido no local do que já tem na Ilha. Hoje no local existem quatro quadras de saibro que seria modificada para três e uma quadra rápida. Assim, o também seria colocado um novo restaurante com lounge rooftop, além de um bar que também será aberto no local.

Ainda nessas melhorias, será adicionado uma galeria para que sejam colocadas lojas no local, também será restaurada toda a cobertura das quadras de saibro. Dentro do projeto ainda será colocado mais uma sauna e hidromassagem com cromoterapia. Ainda mais, serão colocadas quatro quadras de beach tênis, dessas três serão cobertas.

O investimento será feito por um investidor que irá arrendar a área. Assim, os sócios do clube terão descontos e vantagens nos estabelecimentos que serão abertos. Outro empreendimento que já está no complexo da Ilha é o Sportbar que fica próximo a loja oficial do clube. Ele é aberto em dia de jogos da equipe, também nas quintas, sexta e sábado.

Fortunato Neto, VP de patrimônio do Sport, esclarece as obras que ocorrem na Ilha
Obras na Ilha do Retiro

Balanço da gestão

O dirigente lembra que na sua chegada ao Sport foi encontrado vários problemas no patrimônio do Leão da Ilha como os poços artesianos que estavam desativados, dos cinco pertencentes ao clube tinha apenas um funcionando, hoje o clube conseguiu reabrir mais alguns.

Outras questões também infligiam no aspecto financeiro que eram os contratos com fornecedores a exemplo do recolhimento de lixo, o clube hoje não paga mais para isso já que passou a ser feita pela prefeitura.

Dessa maneira, foi feita mudanças para que pudessem ser controlados de uma melhor maneira os gastos do clube, como mudanças no processo de compra que passa por mais de um setor fazendo análise de despesa.

Janderson Chaves Janderson Chaves

Meu nome é Janderson Chaves. Sou formado no curso de jornalismo, na Uninassau-Recife. Como amante do futebol sempre procurei me capacitar ao ponto de hoje ter cursos para a área, assim podendo exercer da melhor maneira possível. Algumas dessas especializações são os cursos de Marketing Digital na Udemy, curso de tático no futebol, coordenação de base e análise de desempenho pelo futebol interativo. Sempre fui torcedor de arquibancada e hoje posso atuar reportando os acontecimentos desse esporte que tanto adoro.