Do sim de Jorge Jesus que cozinhou a direção do Flamengo ao chapéu no Internacional. Esse é o início da trajetória de Paulo Sousa no Rubro-Negro, que fora confirmado como mais novo treinador do clube carioca neste final de semana.

Depois de ter tido o "ok" de Jorge Jesus que por fim cozinhou o "urubu" por alguns dias, a direção do Flamengo desistiu de Mister e no dia 25 de dezembro - sábado, confirma o acerto com o treinador da Polônia, Paulo Sousa, que estava na mira do Colorado, que inclusive tinha viagem de seus dirigentes a Portugal marcada para essa último domingo (26).

Já na madrugada de sábado para domingo, Marcos Braz - dirigente do Flamengo postou uma mensagem em sua conta no Twitter que dizia o seguinte:

"Vem, vamos embora, que esperar não é saber. Quem faz a hora, não espera acontecer", fazendo referência à contratação de seu novo comandante técnico; postagem essa que fora logo apagada.

Sem o real "OK" de Jorge Jesus, que disse "SIM" mas "NÃO" cumpriu com sua palavra, Marcos Braz e Bruno Spindel então fizeram acontecer ao anunciar um acordo com Paulo Sousa, que assinará contrato com o Flamengo por duas temporadas.

Jorge Jesus pego de surpresa

Embora não tenha sido demitido do Benfica, onde segundo pessoas ligadas ao clube indicam que não há mais clima para a permanência de Jorge Jesus a frente da equipe portuguesa, esse teria ficado surpreso com o acerto de Paulo Sousa com o Flamengo, tanto que Mister teria ligado a pessoas próximas para se certificar do que lhe fora dito, embora oficialmente não pudesse declarar nada neste sentido.

Assim terminaria a novela do Flamengo na busca por um treinador para 2022, na Europa.