Flamengo age rápido a saída de Michael, uma vez que poucas horas depois de anunciar a saída de seu atacante para o futebol árabe, anuncia a chega de seu substituto.

Sim, o Rubro-Negro já preencheu a lacuna aberta com a saída de seu 11º jogador do atual elenco, anunciando a chega de Marinho, agora ex-Santos.

Com desejo de defender as cores do Rubro-Negro, o Santos que já havia prometido não atrapalhar a carreira do atacante, aceitou sua liberação, uma vez que Marinho abriu mão da dívida que o Peixe tinha com ele.

No Flamengo, Marinho receberá o dobro que recebia na Vila Belmiro, assim, a negociação foi finalizada em US$ 1,3 milhão - cerca de R$ 7 milhões; valor esse que será todo do Peixe.

O novo jogador do Flamengo para a temporada 2022 deve chegar a Gávea nesta sexta-feira - 28 de janeiro, onde realizará exames médico e assinará contrato com validade por duas temporadas.

Marinho e seu temperamento vaidoso

O novo reforço do Flamengo tem perfil vaidoso, não sendo fácil de lidar, uma vez que seu feitio explosivo gerou certo desgaste no Peixe após cobranças públicas pelo não pagamento de salários em dia.

O atleta chegou a pedir desculpas por tal atitude, mas o episódio ficou marcado entre jogadores e direção.

No entanto, dentro das quatro linhas, sempre foi objetivo e agradou a quem quisesse vê-lo com a camisa do Santos. Preciso nos arremates de longe, Marinho em 27 jogos na última temporada, marcou 6 gols.

Ainda quando defendia o Vitória - da Bahia, o atacante em questão revelou sua prioridade no futebol brasileiro, em uma entrevista no "Troca de Passes", do Sportv, onde destacou o seguinte:

"Eu tinha várias propostas, tinha do Santos, Botafogo e Flamengo. Se eu fosse sair do Vitória para ficar em algum time do Brasil, esse seria o Flamengo. Tinha deixado bem claro, pelo meu pai também que sempre me pediu isso. Eu sempre tive a vontade de jogar pelo Flamengo. Mas acabou o Vitória também não aceitando a forma que o Flamengo queria me contratar, cedendo alguns jogadores. Vitória não queria, queria pagamento total da multa e isso acabou emperrando minha ida para o Rubro-Negro", disse Marinho.