Depois de uma reunião contendo dirigentes de Flamengo e Palmeiras com a Conmebol, nesta última segunda-feira - 25 de outubro, no Paraguai, ficou estabelecido que a capacidade total das arquibancadas na grande final da Libertadores 2021 será de 75% da capacidade total do Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai.

Além desses, também estavam presentes nesta reunião, dirigentes da CBF, bem como Ednaldo Rodrigues, Fernando Sarney e Gustavo Feijó, onde esses debateram questões operacionais, logística e segurança do jogo final da Libertadores.

75% da capacidade total do Estádio

A capacidade de 75% das arquibancadas na grande decisão da Libertadores foi formalizada em documento recebido pela Conmebol, que contou com a assinatura da Secretaria Nacional do Esporte do Uruguai.

De acordo com as exigências local, pessoas maiores de 12 anos deverão ingressar no palco da decisão com o certificado de vacinação completo (com as duas doses ou a dose única) contra a Covid-19; tendo essa sido com antecedência de 14 dias da aplicação da segunda dose.

Torcidas alocadas em setores específicos

As duas torcidas de Flamengo e Palmeiras serão alocadas em setores específicos dentro do Estádio Centenário, em Montevidéu, onde lembramos que os ingressos para as arquibancadas custarão US$ 200 (R$ 1.100); já os camarotes e tribunas especiais, esses valores sobem para US$ 300 e US$ 650 (mais de R$ 3.600 na cotação atual).

Data da final da Libertadores 2021

A grande final da Libertadores 2021 irá ocorrer no dia 27 de novembro, em Montevidéu - Uruguai, no Estádio Centenário.