No início da tarde desta terça-feira - 25 de janeiro, a FIFA anunciou a baixa nos processos envolvendo o Cruzeiro no transfer ban, com isso, o clube celeste está liberado para buscar e registrar novos reforços para a temporada, assim como também registrar os jogadores que já haviam sido contratados na última janela de transferências.

Sob nova administração, de propriedade de Ronaldo (Fenômeno), esse trabalha para agilizar todo o processo burocrático para que os novos atletas possam estar registrado no Boletim Informativo Diário - da CBF até às 19h desta terça-feira, data limite para que esses mesmo possam estar aptos a encarar o URT, na estreia do Cruzeiro, no Campeonato Mineiro.

A baixa dos processos no transfer ban foi acelerado por conta de um acerto com o clube brasileiro (Cruzeiro) e os clubes que o cobravam junto a FIFA.

Lembramos que em 2020, o mesmo processo levou 11 dias na entidade máxima do futebol mundial.

Pagamento das dívidas do Cruzeiro

Com aporte financeiro de Ronaldo, o Cruzeiro quitou dívidas pelas compras de Arrascaeta (Defensor), Riasco (Mazatlán) e Rafael Sobis (Tigres), o que totaliza com juros, um valor de R$ 22 milhões.

Dos jogadores recém-contratados, o Cruzeiro não deve acelerar o processo de registro de dois, no caso, Pedro Castro e Maicon - ambos positivados para a Covid-19.

Estreia no Campeonato Mineiro 2022

O Cruzeiro como já destacamos acima, fará sua estreia no Mineiro 2022 nesta quarta-feira - 26 de janeiro, a partir das 17h (de Brasília), quando recebe no Independência a equipe do URT.