Depois de realizar um estudo sobre a disputa da Copa do Mundo a cada dois anos, a FIFA agora deseja que os torneios continentais de seleções tenham a mesma periodicidade, alterando uma de suas principais competições de seleções já a partir de 2028.

A informação foi dada nesta sexta-feira - 03 de setembro pelo ex-técnico Arsène Wenger, que ocupa atualmente a função de diretor de desenvolvimento de futebol mundial da FIFA.

De acordo com o profissional, o objetivo da entidade máxima do futebol mundial é para que a cada final de temporada europeia, inicie uma grande competição envolvendo as equipes nacionais.

Lembrando que o calendário da FIFA está completo até 2024, isso sem falarmos a respeito da Copa do Mundo de 2026, que será realizada em conjunto no México, Estados Unidos e Canadá.

Perguntando se o objetivo da FIFA era para arrecadar mais dinheiro, o ex-treinador de futebol que assumiu tal papel acima descrito dentro da entidade, negou que as ideias sejam com objetivos econômicos.

"O objetivo é seguir melhorando a qualidade do futebol, melhorando a frequência das competições, em paralelo a melhorias das regras do jogo. Não haverá mais partidas do que antes, e os jogadores serão solicitados pelas seleções com menos frequência. A ideia é melhorar a qualidade do jogo e das competições. Não há nenhuma intenção financeira por trás, ainda mais quando a FIFA divide dinheiro com todas as federações do mundo", destacou Wenger ao jornal esportivo "L’Èquipe".

Jovens não gostam de Eliminatórias

Wenger ainda antes de encerra destacou que os jogos Eliminatórios atraem pouco interesse entre os jovens de 15 a 20 anos de idade, pois eles buscam competições mais atrativas, como por exemplo, a EuroCopa.