Após a quase definição sobre a situação de Douglas Costa, o Grêmio começa a trabalhar a situação de outro jogador que está no foco principal do mercado de saídas do tricolor: Trata-se do atacante Ferreira. Nesta semana, clube, jogador e seu empresário iniciarão conversas pela renovação de contrato.

Mesmo com a confirmação do rebaixamento para a 2ª divisão, a situação contratual de Ferreira é avaliada por todas as partes como defasada. Por isso, as conversas para a ampliação do vínculo está na pauta de prioridades do clube, também levando em consideração sondagens e propostas de clubes brasileiros e do exterior.

Grêmio inicia conversas para renovação de contrato com Ferreira

Ferreira possui um dos menores salários do atual elenco do Grêmio. Seus vencimentos são de aproximadamente R$140 mil mensais, o menor salário dentre os titulares do time comandado pelo técnico Vagner Mancini. Além disso, sua multa rescisória e considerada baixa para os padrões do futebol do exterior.

Caso algum clube estrangeiro queira evitar negociações com o Grêmio, deve pagar a quantia de 8 milhões de euros (R$50,2 milhões na cotação atual). Por possuir apenas 50% dos direitos econômicos de Ferreira, o clube entende que sua permanência faz mais sentido do que negociar por valores que não serão significativos para o orçamento.

Grêmio inicia semana decisiva para tratar de renovação com Ferreira. (Foto:Reprodução)
Grêmio inicia semana decisiva para tratar de renovação com Ferreira. (Foto:Reprodução)

Valores exatos ainda não foram debatidos, mas há desejo do jogador em permanecer. Este fator pode ser determinante para por exemplo, aceitar um salário dentro do teto estipulado para a temporada 2022: R$450 mil. Internamente, existe a possibilidade do Grêmio oferecer um reajuste salarial previamente estabelecido para 2023, contando com a volta do clube para a 1ª divisão. A tendência é que o novo vínculo seja até dezembro de 2025.

Sondagens colocam urgência por definição sobre renovação

Além da situação envolvendo o otimismo entre as partes pela permanência, o interesse de outras equipes em Ferreira coloca urgência no clube para definir a situação. O Fenerbaçhe, da Turquia, foi o último interessado, mas a situação não avançou por conta da negativa do Grêmio em negociar.

Aos 24 anos de idade, Ferreira está no time principal do Grêmio desde 2019. Assumiu a titularidade em 2021, após a ida de Pepê e Éverton Cebolinha ao Porto e Benfica, respectivamente. Na última temporada, atuou em 52 partidas, com 14 gols marcados e 15 assistências.