“Fantasma persegue Timão”; Corinthians estreia na Libertadores e terá que superar dificuldades

Nesta quinta-feira (6), o Corinthians entra em campo para a sua estreia na Copa Libertadores 2023Montevidéu Além de enfrentar o Liverpool, do Uruguai, no Estádio Centenário, em Montevidéu, o Timão, também terá que enfrentar o fantasma que o assombra desde o início da temporada.

A campanha da equipe da Fernando Lázaro fora de casa é discreta, onde teve apenas uma vitória em seis jogos disputados. Ainda, foram três empates e duas derrotas. O único triunfo veio diante do São Paulo por 2 x 1, na 5ª rodada do Paulistão 2023. Sendo assim, confira todos os duelos que o Mosqueteiro disputou neste ano da Neo Química Arena.

Campanha do Timão fora de casa em 2023

  • Red Bull Bragantino 1 x 0 Corinthians – 1ª rodada – Derrota
  • Inter de Limeira 0 x 0 Corinthians – 3ª rodada – Empate
  • São Paulo 1 x 2 Corinthians – 5ª rodada – Vitória
  • São Bernardo 2 x 0 Corinthians – 7ª rodada – Derrota
  • Portuguesa 0 x 0 Corinthians – 8ª rodada – Empate
  • Santos 2 x 2 Corinthians – 10ª rodada – Empate

Na Libertadores será diferente?

Com a estreia na Libertadores nesta quinta-feira (6), Cássio disse que o objetivo é superar as dificuldades e voltar do Uruguai com a vitória. Ainda, destacou que não sabe dizer qual o problema da equipe de não render quando joga na casa do adversário da mesma forma de quando está em casa. Jogando na Neo Química Arena, o Corinthians está invicto com cinco vitórias e dois empates.

“Não sei te falar exatamente (o problema), mas temos que melhorar. Temos que fazer um grande jogo fora de casa e trazer o resultado, não só pensando na Libertadores. É buscar pontos fora de casa. Na Copa do Brasil no ano passado, perdemos contra o Atlético-GO e tivemos que reverter em casa. Serve de aprendizado”, avaliou o goleiro Cássio, em coletiva nesta semana.

Sendo assim, o duelo contra o Liverpool será essencial para que o Timão comece com o pé direito na competição continental e, da mesma maneira, afastar o fantasma que o persegue há muito tempo.

Carolina Castro Carolina Castro

Tenho 25 anos e sou formada em jornalismo. Desde criança desenvolvi o gosto por esporte e por isso escolhi ser jornalista. Foi a profissão que me deixou mais próxima daquilo que mais amo: falar e escrever sobre esporte.