Lutando pelo título mundial de pilotos em 2021, Lewis Hamilton poderá sofrer nova penalidade no grid de largada; o motivo desta punição deve ser por nova alteração na unidade de potência do carro do inglês.

"Não posso dizer se vamos fazer e qual será a porcentagem disso, mas obviamente o risco ainda existe", declarou o chefe da equipe Mercedes - Toto Wolf, que ainda comentou:

"O que é difícil avaliar, é se você quer se antecipar a situação e cumprir outra penalidade, ou quer realmente tentar não mexer e então possivelmente arriscar um abandono. Essa discussão que está acontecendo enquanto conversamos, e ainda não encontramos respostas".

Nesta mesma conversa, o chefão da Mercedes admitiu que a pressão ainda segue sobre a escuderia por desempenho; desempenho esse que já custou alguns pontos neste ano devido às penalidade que teve que cumprir.

"Eu acredito que quando você olha para Monza, por exemplo, Valterri teve que começar da parte de trás do grid, e assim estamos perdendo pontos no caminho. Nós estamos tentando impulsionar o desempenho todos os anos e este ano, chegamos a um ponto em que isso já custou alguns pontos. Eu esperava por menos penalidades e usar menos motores, mas este ano realmente nos atingiu muito e a McLaren e a Aston Martin tiveram mais sorte a esse respeito. Nós só temos que levar isso "no queixo" e fazer o melhor trabalho possível", finalizou.

Próximo GP de Fórmula 1

Como todo amante da F1 sabe, neste final de semana teremos a 17ª etapa do calendário 2021, nos Estados Unidos (confira aqui).