Diferente do que havia acontecido em 2020, quando realizou campanha histórica, terminando com o vice-campeonato da competição, nesta temporada, o Grêmio não conseguiu repetir o resultado na Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Mesmo com a eliminação precoce perante o Novorizontino, alguns atletas do plantel gremista que disputou a Copinha despertaram o Interesse de equipes do exterior.

Além do lateral direito Lucas Kawan, que, conforme informação antecipada pela reportagem, recebeu consultas de scouts do futebol italiano e de emissários de equipes dos Estados Unidos, o centroavante Kevin Quejada e o volante Mateo Velasco, ambos colombianos, também receberam investidas de clubes interessados.

Dupla de colombianos recebe consultas

Após a partida entre XV de Jaú e Grêmio, válida pela Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Jaguares, do México, e o Peñarol, do Uruguai, realizaram consultas para saber a situação de Mateo Velasco.

Bastante elogiado nos bastidores do clube, o jovem volante de 19 anos deverá permanecer no Grêmio. A ideia do Tricolor Gaúcho é que o atleta continue se desenvolvendo nas categorias de base para que, em um futuro próximo, seja alçado ao grupo profissional.

O contrato de Velasco com o Grêmio é válido até julho de 2025. Em agosto do ano passado, após o jogador assinar contrato definitivo, o Tricolor Gaúcho pagou cerca de 250 mil dólares para adquirir 70% dos direitos econômicos do atleta.

Já o centroavante Kevin Quejada, que foi titular em todos os jogos do Tricolor Gaúcho na atual edição da Copinha, despertou o interesse de uma equipe do Rio Grande do Sul, que entrou em contato para saber a possibilidade de conseguir o empréstimo do atleta para a disputa do Gauchão, além de clubes da MLS.

Desde 2019 no Grêmio, quando, inclusive, foi um dos destaques da campanha gremista na Copa Santiago, que culminou com o título do clube, Kevin possui contrato com até o final de 2023.