O Manchester City, um dos finalistas da Champions League - edição 2020/2021, anunciou nesta última terça-feira (18/05) que pagará todas as despesas de viagem dos torcedores que forem a final do torneio, no dia 29 de maio, em Portugal.

Com 6 mil ingressos para o duelo diante do Chelsea, o xeque Mansour declarou que ira bancar as passagens e os testes de COVID-19 necessários para o deslocamento desses torcedores entre a Inglaterra e Portugal.

Em declarações reproduzidas no site oficial dos "Citizens", Mansour destacou o seguinte:

"Pep e o time tiveram uma temporada memorável, e chegar à final da Champions League depois de um ano tão desafiador representa um momento verdadeiramente histórico para o clube. É incrivelmente importante que a maior parte possível de fãs tenham a oportunidade de estar nesse jogo especial. Especialmente aqueles que apoiaram o Manchester City nos bons e maus momentos por tantos anos".

Xeque Mansour

O milionário em questão faz parte da família real de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, tendo eles uma fortuna estimada em 23 bilhões de libras - algo em torno de R$ 171 bilhões.

Com a confirmação por parte do xeque em bancar as passagens para os torcedores do "Citizens", o clube informou nesta terça-feira que em breve irá divulgar maiores detalhes sobre a venda dos 6 mil ingressos e da viagem para Portugal.

Final da Champions League

A grande decisão do torneio de clubes mais importante da Europa será realizado no dia 29 de maio, no Estádio do Dragão, em Porto - Portugal, a partir das 16h (de Brasília). O duelo será entre Chelsea x Manchester City.