Dinamarca protesta no Mundial do Catar 2022

Inicialmente, a Seleção da Dinamarca participa pela sexta vez da Copa do Mundo de futebol em 2022. Entretanto, antes mesmo da estreia no Mundial do Catar, a equipe dinamarquesa causa polêmica. Ao anunciar que irá incluir frases em seus uniformes de treino. E, assim, retirar o símbolo do patrocinador esportivo.

A princípio, a decisão se dá como forma de protesto ao governo do país sede do Mundial. Desse modo, os uniformes utilizados durante as preparações para os confrontos, serão estampados com frases a favor dos direitos humanos . Além disso, os materiais esportivos da delegação dinamarquesa também não recebem patrocínio. E contam com as mesmas mensagens gravadas.

Anteriormente, a Dinamarca já havia se colocado contrária à realização da Copa do Mundo no Catar. Isto em razão das denúncias sobre violações dos direitos humanos no país, ocorridas no final de 2021.

“A DBU há muito critica fortemente a Copa do Mundo no Qatar, mas agora estamos intensificando nossos esforços e um diálogo crítico inda mais. Usaremos o fato de estarmos classificados para trabalhar por mais mudanças no país.”, afirmou Jakob Jensen, presidente da Associação Dinamarquesa de Futebol.

Aliás, de acordo com o relatório divulgado pela Anistia Internacional, Organização não-Governamental em defesa aos direitos humanos, “milhares de trabalhadores migrantes morreram repentina e inesperadamente no Qatar, apesar de passar em seu exames médicos obrigatórios antes de viajar para o país.”

Ainda, segundo a ONG, as mortes têm relação com as condições de trabalho às quais os trabalhadores estão submetidos. Sobretudo, ao clima quente da nação árabe. Outro ponto que chama atenção, é o fato de trabalhadores que auxiliam na construção dos estádios do Mundial receberem 12 libras esterlinas. A saber, o valor é equivalente a R$88. Quantia recebida por 11 horas trabalhadas por dia.

Patrocinadores dão aval

Portanto, a Dinamarca confirma que seus patrocinadores concordam e apoiam a decisão. Assim também, outras medidas devem ser tomadas pela Seleção. Aliás, não pretende participar de atividades que não estejam relacionadas ao esporte. Bem como não promoverá eventos no país.

Seleção da Dinamarca no Mundial 2022

Em suma, a Dinamarca está no Grupo D, ao lado de Tunísia, Austrália e França, a atual campeã mundial. A estreia está marcada para o dia 22 de novembro, às 10h (horário de Brasília), diante da Tunísia, no Estádio da Cidade da Educação.

Em seguida, os dinamarqueses enfrentam a França, no dia 26, às 13h (horário de Brasília), no Stadium 974. E, por fim, encerram a fase de grupos contra a Austrália, em 30 de novembro. A partida está marcada para às 12h (horário de Brasília), no Estádio Al-Wakrah.

Para saber tudo sobre a Dinamarca na Copa do Mundo 2022, não deixe de acompanhar o Minha Torcida.

Foto destaque: Reprodução/Twitter/@UEFA

Prazer! Eu sou formada em jornalismo e a área esportiva é uma com a qual mais me identifico. A paixão pelo esporte, em especial o futebol, surgiu ainda quando criança. [...]