Depois de demitir Marquinhos Santos do comando técnico da equipe, o Juventude encaminha acordo com Umberto Louzer, no entanto, impasse no acerto salarial e outro está travando o anúncio oficial.

Segundo informações vindas de Caxias do Sul, treinador só aceitará comandar os Jaconeros se puder trazer seus auxiliares.

Responsável por levar a Chapecoense de volta a elite do futebol nacional, Umberto Louzer vive no momento um impasse para fechar com o Juventude, onde segundo informações, a direção do clube gaúcho não estaria aceitando a vinda de dois auxiliares de confiança do profissional em questão.

Carreira de Umberto Louzer

Louzer que foi responsável pela volta da Chapecoense a Série A do Campeonato Brasileiro, deixou a mesma em abril deste ano para assumir o Sport, donde ficou até agosto, quando fora demitido após 22 partidas e um aproveitamento de 39,3%; com seis vitórias, oito empates e oito derrotas.

Além desses, o profissional aqui citado também já comandou o Guarani e o Coritiba.

Umberto Louzer conhece bem o Alfredo Jaconi, uma vez que já vestiu a camisa do Juventude como jogador, entre 2010 a 2011.

Lisca foi procurado

Antes mesmo de abrir negociações com Umberto Louzer, a direção do Juventude chegou a entrar em contato com Lisca, porém, esse não aceitou o convite da equipe da Serra, preferindo ficar como está neste momento.

Vale lembrar que Lisca conta com duas passagens já pelo Alfredo Jaconi, a primeira em 2008 e a segunda entre os anos de 2012 a 2013.

Assim, com novo nome já na lista, o vice-presidente de futebol do Juventude - Osvaldo Pioner tem como intenção anunciar o profissional escolhido ainda nesta terça-feira (19), tendo como principal objetivo contratar um treinador que conheça e tenha identificação com o clube de Caxias do Sul.