A Eurocopa teve um caso inusitado nesta semana. Em entrevista coletiva antes do jogo de estreia da seleção de Portugal na competição, onde enfrenta a Hungria, às 13h (Horário de Brasília), na 1ª rodada do grupo F, Cristiano Ronaldo foi o protagonista de uma situação bastante curiosa.

Antes do início da entrevista coletiva, Cristiano surpreendeu a todos quando retirou embalagens de refrigerante, que estavam sob a mesa, e colocou uma garrafa de água. O jogador ainda se manifestou indicando as pessoas a tomarem água, e não refigerante. Veja abaixo:

(Foto:Reprodução)
(Foto:Reprodução)

Coca-Cola perdeu quantia bilionária com gesto de Cristiano Ronaldo

Entretanto, o real efeito da situação envolvendo a atitude de Cristiano Ronaldo aconteceu algumas horas depois. Segundo o jornalista Marcelo Bechler, a UEFA estima que a Coca-Cola perdeu aproximadamente 4 bilhões de dólares em ações.

Economicamente, as ações da Coca-Cola custavam 56,10 dólares. O simples gesto de colocar as garrafas de lado fez com que a queda fosse de aproximadamente 1,6%. Com isso, a Coca-Cola passou de US $ 242 bilhões para US $ 238 bilhões . Perdas totais de US $ 4 bilhões .

Vale lembrar que esta não é uma atitude isolada de Cristiano Ronaldo em relação a alimentação. Em outras oportunidades, o jogador já havia declarado que é importante para as crianças uma alimentação saudável, longe de açúcares e gorduras.

Portugal se prepara para a sua estreia dentro da Eurocopa diante da Hungria, nesta terça-feira (16). Portugal está no grupo F da competição, juntamente com França e Alemanha.