Um dia após divulgarmos aqui mesmo sobre possíveis nomes de treinadores para comandar o Internacional em 2022, caso Diego Aguirre não permaneça à frente da equipe na próxima temporada.

O site "GE" trouxe nesta quarta-feira os dois nomes favoritos pela direção, embora nenhum deles seja o favorito dos torcedores, que deseja o retorno de Abel Braga.

De acordo com o site em questão, os nomes de Eduardo Coudet e Juan Pablo Vojvoda são os dois profissionais em pauta no Beira-Rio, atualmente.

Apesar de Diego Aguirre ter contrato válido até dezembro de 2022 com o Inter, seu futuro segue em definido para a próxima temporada, muito disso pelos últimos resultados apresentados pela equipe no Campeonato Brasileiro, do qual é a única competição que o Inter disputa desde julho deste ano.

Caso Aguirre realmente saia, a direção colorada que segue tratando esse assunto com muita cautela; primeiro pelo fato do técnico uruguaio ainda estar à frente da equipe e segundo para não tirar o foco por uma vaga a "Pré-Libertadores" de 2022.

Coudet e Vojvoda na mira colorada

Neste cenário de saída de Aguirre, Eduardo Coute seria o favorito pela atual direção colorada. O ex-treinador do time gaúcho comanda atualmente o Celta de Vigo e deixou raízes no Beira-Rio, tendo uma relação estreita com o presidente Alessandro Barcellos e funcionários do clube.

Vale lembrar que justamente a saída de Barcellos da função de vice de futebol na administração passada fora uma dos motivos que determinou a saída do técnico argentino dois meses depois, deixando o Inter rumo a Espanha.

No entanto, em um primeiro contato com Eduardo Coudet, esse já declarou a Barcellos que deseja completar seu contrato com o Celta de Vigo, que finalizará somente em 2024.

Assim como Eduardo Coudet dando sinal de que deseja permanecer no futebol europeu, outro que goza de bom conceito no Beira-Rio é o técnico Vojvoda, que atualmente comanda o Fortaleza.

O sucesso da equipe cearense colocou o técnico argentino no cenário dos treinadores no Brasil, tendo o Inter como um dos clubes interessados em seus serviços, porém, os colorados terão que disputa-lo com outros clubes do Brasil, bem como o Palmeiras, que teme pela saída de Abel Ferreira ao final da temporada.