Corinthians vence o Santos; veja os melhores momentos

Em uma noite mágica na Neo Química Arena, o Corinthians encerrou o jejum de clássicos na temporada de 2022. A vítima foi o Santos, em um duelo válido pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

1º tempo

A partida começou com o Corinthians dominando o meio de campo, e o Santos armado para o contra-ataque. O primeiro lance de perigo aconteceu após troca de passes entre Du Queiroz, Fagner e Gustavo Mantuan pela direita. O trio triangulou pela beirada do campo e a bola chegou na pequena área para Róger Guedes apenas empurrar para o fundo da rede, mas o camisa 9 bateu por cima e mandou a bola para as arquibancadas da Neo Química Arena.

O lance seguinte foi justamente o 1º gol do Corinthians. Após roubada de bola no meio de campo, Willian avançou pela esquerda, tocou em profundidade para Lucas Piton e o lateral cruzou rasteiro para Gustavo Mantuan fazer o facão e estufar a rede defendida por João Paulo. O time do Santos reclamou de falta no início da jogada, mas o VAR não viu infração alguma e validou o gol.

A vantagem no placar não fez a equipe alvinegra mudar sua postura em campo e, 8 minutos depois, conseguiu o segundo gol diante do Santos. Em jogada individual de Róger Guedes pela direita, após passe em profundidade de Willian, a bola chegou para Du Queiroz dentro da área. O volante chutou e acertou o meia Giuliano. O desvio na jogada enganou a defesa adversária e a bola parou no fundo da rede santista.

O 1º tempo de gala do Timão foi encerrado com mais um gol. Em jogada de escanteio pela direita, o zagueiro Raul Gustavo subiu mais alto do que seus adversários e testou no chão para vencer João Paulo, fazer o terceiro do Timão.

2º tempo

Com três gols de desvantagem e sem conseguir medir forças com o Corinthians, o Santos voltou do intervalo com a mesma formação e encontrou as dificuldades do 1º tempo para segurar os pontas abertos do time adversário. As primeiras mexidas de Fabián Bustos aconteceram aos 8 minutos, com as entradas de Camacho e Felipe Jonatan.

A situação ficou ainda mais complicada quando o meia Vinicius Zanocelo cometeu falta em Piton, com o Peixe ainda no ataque. A princípio, não houve cartão na jogada, mas o VAR recomendou a revisão do lance. O árbitro viu a cotovelada em Lucas Piton e expulsou o jogador do Santos, aos 16 minutos do 2º tempo.

Por fim, o que não poderia piorar, piorou. Em jogada de escanteio, a bola chegou pelo alto na área do Santos, a zaga bateu cabeça e a bola sobrou para Giuliano encher o pé e marcar o 4º gol do Corinthians – o seu 2º na partida. Houve o pedido de impedimento na jogada, mas o VAR validou o lance. Um massacre na Neo Química Arena: 4 x 0.

Agenda

Por fim, os dois clubes se enfrentam novamente no dia 13 de julho. Quem vencer, fica com a vaga e fatura R$ 3,9 milhões em premiação. Pelo Brasileirão, ambos voltam a campo no sábado (25), às 19h (horário de Brasília), mais uma vez na Neo Química Arena.

A sensação de poder transmitir uma sentimento à cada leitor é o que me move. Ainda assim, sou somente mais louco que fez da escrita e do esporte a sua [...]

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.