Corinthians: Membros do conselho deliberativo aprovam acordo com a CAIXA

Os membros do Conselho Deliberativo do Corinthians aprovaram por unanimidade o acordo com a Caixa Econômica Federal, na noite desta segunda-feira (28).

De fato, o encontro no Parque São Jorge apresentou todos os detalhes da resolução para quitar o empréstimo do BNDES que foi adquirido pelo clube para a construção da Neo Química Arena.

De fato, a apresentação feita pela diretoria do clube alvinegro mostrou todos os detalhes do novo acordo. Conforme informações, o pagamento dos juros agora começará em 2023, com final datado em 2024.

Por analogia, o acordo anterior, assinado em 2020 previa o início do pagamento no final de 2022. Semelhantemente, o pagamento trimestral começará apenas no ano de 2025.

Nesse ínterim, o valor da venda dos naming rights serão 100% para o pagamento da Caixa, como já se tinha conhecimento. No total, a Hypera Pharma pagará R$ 300 milhões. O valor será pago em parcelas de R$ 15 milhões por ano, corrigidas pelo IGP-M.

O valor corrigido de R$ 611 milhões, dessa forma, R$ 300 milhões serão deduzidos do patrocínio. Os outros R$ 311 milhões serão pagos pelo Corinthians.

Confira nota divulgada pelo clube:

O Sport Club Corinthians Paulista informa que, por unanimidade, os membros de seu Conselho Deliberativo aprovaram os termos do acordo entre o clube e a Caixa Econômica Federal, em reunião realizada nesta segunda-feira (27), na sede do Parque São Jorge.

O acordo se destina a quitar pendências referentes ao financiamento para a construção da Neo Química Arena.

Atenciosamente,

Sport Club Corinthians Paulista.

Acordo do Corinthians com a Odebrecht

Corinthians ainda aguarda a homologação do acordo feito com a Odebrecht. O motivo para isso é que os acionistas da empresa ainda não  definiram os valores finais do estádio alvinegro.

Por sua vez, o Corinthians acredita que não precisa pagar nada para a construtora. Isso é decorrência dos valores pagos desde 2013, além de obras não concluídas no estádio.

 

Olá. Formado em Jornalismo pela Universidade Nove de Julho, buscando levar minha redação com a emoção e paixão que o esporte merece. Vivo falando sobre desportes dos mais variados, em [...]