Como uma espécie de "projeto piloto", a Confederação Brasileira de Futebol prevê a volta dos torcedores aos estádios brasileiros nas quartas de final da Copa do Brasil. Com isso, competições nacionais passariam a contar com a presença máxima de até 25% da capacidade desses locais.

Se isso realmente se tornar realidade, deverá ocorrer no dia 25 de agosto, ou seja, dentro de 34 dias. Antes disso, a CBF terá que negociar com os Estados e Municípios onde ocorrerão os duelos para obter a liberação do público.

Para isso, a CBF tem um plano preparado com detalhamento sobre taxa de infectados, de mortalidade e imunizados em cada estado. Desta forma, a confederação teria um índice para determinar onde está seguro permitir a presença dos torcedores nos estádios de futebol.

Nesta espécie de "teste-piloto", a CBF poderia testar itens como uso de testes negativos de RT-PCR, imunização e validade de abrir estádios com percentual mínimo de público.

Vale aqui salientar que mesmo tendo alguns estados já estudando a possibilidade de liberar a volta do público a eventos esportivos, entre eles o futebol, dentro do Brasileirão a presença dos torcedores aos estádios de futebol só será permitido quando houver permissão de todas as regiões, ou seja, de todos os estados.

Jogos da Copa do Brasil como teste-piloto

Por isso mesmo, é que a CBF quer utilizar as partidas da Copa do Brasil como teste, onde ela conseguiria a aprovação dos dois times para que liberassem a volta dos torcedores a esses jogos, além claro, da liberação de seus governantes para permitirem a abertura dessas arenas ou estádios.