Faltando pouco mais de 24 horas para o início da segunda partida pelas quartas de final da Copa do Brasil, entre Flamengo x Grêmio, o confronto ganha novos episódios na Justiça, sim, o clube gaúcho ingressou no Superior Tribunal de Justiça Desportiva com uma ação de garantia de ordem personalíssima para assim garantir que o duelo diante do Rubro-Negro seja realizado com portões fechados, ou seja, sem a presença dos torcedores.

O clube do Rio Grande do Sul alega que está sendo prejudicado, uma vez que na partida que fora mandante, no último dia 25 de agosto, não pode contar com seus torcedores em sua Arena, mesmo que de forma controlada e limitada.

Vale lembrar que no dia 08 de setembro a Prefeitura do Rio de Janeiro liberou a presença de público em três jogos a serem realizados no Maracanã para o Flamengo, e um desses é o duelo diante do Grêmio pela Copa do Brasil, que será realizado nesta quarta-feira - 15 de setembro, a partir das 21h30 (de Brasília).

De quebra, o Flamengo ainda se apoia sobre uma liminar obtida junto ao STJD, onde clubes da Série A planejam derrubar essa decisão.

Grêmio promete esgotar as instâncias jurídicas

Por seu setor jurídico, o Grêmio chegou a ser orientado a não entrar em campo no Maracanã caso o Flamengo colocasse torcedores nas arquibancadas, porém, o presidente gremista disse que essa possibilidade está descartada, onde promete "esgotar as instâncias jurídicas" para impedir o Flamengo de realizar essa partida com torcedor presente no estádio.

Flamengo e Grêmio pela Copa do Brasil

Rubro-Negros e Tricolores Gaúchos se encaram nesta quarta-feira-15, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã, em partida válida pelo segundo jogo das quartas de final da Copa do Brasil.