Contra a Croácia, Richarlison pode bater recorde

Nesta terça-feira (9), Brasil x Croácia disputarão uma vaga para as semifinais da Copa do Mundo 2022, realizada no Catar. Este confronto também será muito importante para o atacante do Tottenham Hotspur, Richarlison. Vale destacar que esse duelo será realizado às 12h (horário de Brasília), no Education City Stadium.

Richarlison pode chegar a marca histórica contra a Croácia

Acima de tudo, o “pombo” para esse mundial recebeu a camisa 9 pela Seleção Brasileira. Assim, neste ano, o atleta marcou 10 gols em nove jogos pela Canarinho.  Ao todo, são 20 bolas na rede em 41 compromissos defendendo o Brasil.

Nesta Copa, o brasileiro marcou já três gols, podendo ampliar. O jogador de 25 anos, marcou duas vezes contra a Sérvia, passou em branco contra a Suíça e acabou sendo poupado contra Camarões. Em suma, voltou a marcar na goleada sobre a Coreia do Sul, por 4 a 1.

“Fico emocionado de ver o Ronaldo, porque ele é meu ídolo junto com o Neymar. É uma inspiração desde criança. Vocês já viram fotos minha de Cascão. Ronaldo aqui é uma alegria para todo o grupo e contagia. Ver Ronaldo, Kaká, Cafu, Roberto Carlos… É uma alegria e incentiva bastante”, disse o “pombo”, pós jogo.

Desta forma, Richarlison é o maior artilheiro da seleção desde o penta com Ronaldo “Fenômeno”, que marcou oito gols. Até o momento, ele está empatado com Luís Fabiano, na Copa do Mundo de 2010, realizado na África do Sul. Em 2014, o outro 9 da equipe foi Fred, marcando um gol no Mundial de 2014, no Brasil e em 2018, na Rússia, Gabriel Jesus não marcou nenhum gol.

Confira todos os camisas 9 da Seleção Brasileira nas Copas do Mundo

1950 – Baltazar (2 gols) e Ademir (9 gols) – numeração não era fixa

1954 – Baltazar (1 gol)

1958 – Zózimo (não marcou gol)

1962 – Coutinho (não marcou gol)

1966 – Rildo (1 gol)

1970 – Tostão (2 gols)

1974 – César Maluco (não marcou gol)

1978 – Reinaldo (1 gol)

1982 – Serginho Chulapa (2 gols)

1986 – Careca (5 gols)

1990 – Careca (2 gols)

1994 – Zinho (não marcou gol)

1998 – Ronaldo (4 gols)

2002 – Ronaldo (8 gols)

2006 – Ronaldo (3 gols)

2010 – Luis Fabiano (3 gols)

2014 – Fred (1 gol)

2018 – Gabriel Jesus (não marcou gol)

2022 – Richarlison (3 gols) – Até o momento

Foto Destaque: Divulgação / CBF

Bruno GabrielBruno Gabriel

Olá, meu nome é Bruno Gabriel, tenho 22 anos e estudo Jornalismo na Universidade Metodista de São Paulo. Pretendo seguir na área de esportes, é um sonho desde criança. Espero alcançar os maiores eventos esportivos com muita criatividade e bom humor.