Conheça Son, principal estrela da Coreia do Sul

Son Heung-min, popularmente conhecido apenas por Son, seu sobrenome, é um jogador sul-coreano que atua como atacante. Por certo, o atleta nasceu na cidade de Chuncheon, no dia 8 de julho de 1992.

Os primeiros passos de Son no futebol

Nesse sentido, Son começou sua carreira no FC Seoul, time da capital sul-coreana. A saber, ainda quando estava na base do time, também era gandula. Além disso, tinha como inspiração Lee Chung-yong, que já jogou pelo Crystal Palace e atualmente defende o Ulsan Hyundai.

Ainda jovem, Son tinha o sonho de jogar na Europa. Decerto, seu principal destino era a Alemanha e seu agente, o alemão Thies Bliemeister, estava determinado a ajudar o sul-coreano a realizar esse sonho. A determinação do jogador era tanta, que aprendeu o idioma alemão assistindo episódios do Bob Esponja.

No ano de 2008, através do projeto Korean FA Youth Player, que tinha como objetivo mandar talentos do futebol sul-coreano que estavam no ensino médio para times da Europa e da América do Sul, Son deixou a Coreia para iniciar sua carreira na Alemanha.

Chegada de Son na Europa

Aos 16 anos, o jogador sul-coreano assinou contrato com a base do Hamburger SV. Um ano depois, em 2009, Son participou da Copa do Mundo FIFA Sub-17, onde marcou três gols com a camisa da Coreia do Sul.

Depois do torneio mundial, onde a Seleção Sul-Coreana foi eliminada pela Nigéria nas quartas de final, Son retornou à Alemanha. Por certo, a pré-temporada 2010-11 do sul-coreano foi estrondosa. A saber, o atleta liderou o time marcando nove gols e, ao completar 18 anos, assinou contrato como profissional no Hamburger SV.

Depois de 3 anos com a camisa do Der Dino e realizar inúmeros feitos, tais como ser o jogador mais jovem na história do clube a marcar um gol na Bundesliga e marcar 18 gols em apenas 9 jogos, Son assinou com o Bayer Leverkusen. Nesse ínterim, o sul-coreano foi a contratação mais cara do clube até então.

História de Son com o Tottenham

Em agosto de 2015, o sul-coreano bassinou um contrato de 22mi de Libras (30mi de Euros) com o Tottenham e tornou-se o jogador asiático mais caro na história do futebol, ultrapassando o japonês Hidetoshi Nakata.

Assim sendo, estreou com a camisa dos Spurs no dia 13 de setembro de 2015, ao substituir Andros Townsend. Posteriormente, no dia 17 de setembro, marcou seus primeiros dois gols pelo Tottenham contra o Qarabag FK, em partida da UEFA Europa League.

Inegavelmente, Son tornou-se peça essencial do Tottenham e conquistou seu espaço no time. Dessa forma, o atleta sul-coreano já conquistou o Prêmio Puskás, marcou diversos gols importantes e, mais recente, levou o prêmio de melhor jogador da Premier League na temporada 2021-22.

Son na Seleção Sul-Coreana

A saber, Son veste a camisa profissional dos Tigres da Ásia desde 2011, quando foi convocado pela primeira vez para Copa da Ásia. Assim sendo, esteve em outras ocasiões importantes, tais como as Olimpíadas de 2016, Copa do Mundo 2014 e 2018, Copa da Ásia 2015 e 2019.

Além disso, o jogador sempre está presente também em jogos amistosos ou torneios que são considerados menores, como a Copa do Leste Asiático Copa Kirin.

Em síntese, Son é uma peça chave e fundamental para Coreia do Sul. Além de ser considerado o melhor jogador asiático dos tempos atuais, carrega a responsabilidade de ser capitão dos Tigres da Ásia. Dessa forma, há uma grande expectativa de ver o Super Son se dando bem na Copa do Mundo 2022.

Jornalista de formação desde os 22, mas jornalista de alma desde os 13. Amante do futebol e dos seus torneios ao redor do mundo, tentando acompanhar o máximo que consegue. [...]