Conheça Joey Hauser, irmão de astro do Boston e que está no Draft da NBA

Na noite desta quinta-feira (22), os fãs de basquete do mundo inteiro irão ficar grudados na TV para acompanhar mais uma edição do Draft NBA, no qual jovens prospectos tentarão realizar o sonho de se tornar um jogador profissional de um grande time da NBA.

Com ele, o misto de ansiedade e de apreensão acerca dos mais de 200 inscritos para o “mercado da NBA”. Alguns nomes já começam a se destacar e tem o seu destino garantido, como é o caso do francês Victor Wembanyama, que tem tudo para ser jogador do San Antonio Spurs, primeira franquia a escolher seu novo jogador.

Diferentemente disso, outros nomes lutam por tentar ter um espaço e ser escolhido por alguma franquia. Dentre todas elas, um jogador em específico sonha em poder se tornar atleta profissional e seguir os paços do irmão.

Hoje ele é um dos nomes da boa safra de jogadores do Boston Celtics, que ajudaram a levar o time a uma final de NBA e uma decisão de conferência. Trata-se de Sam Hauser, Ala-Pivô do time celta que ficará na torcida pelo seu irmão, Joey Hauser, de 23 anos.

Quem é Joey Hauser?

Irmão de inscrito no Draft da NBA é astro do Boston Celtics
AP Photo/Michael Conroy

Nascido no dia 17 de julho de 1999, em Green Bay, Wisconsin, Joey Hauser é filho de Dave e Stephanie Hauser, além disso, tem uma irmã, Nicki, e um irmão Sam, que atualmente veste a camisa número 30 do Boston Celtics e é formado em comunicação.

No ensino médio, o ala defendeu as cores da escola Stevens Point Area Senior High e ajudou a levar o colégio para três títulos estaduais consecutivos.

O jogador teve uma média de 23,6 pontos, 11,5 rebotes e 5,1 assistências no caminho da briga pelo título. Terminou também com 33 pontos e 22 rebotes na disputa pelo título.

Além disso, Joey foi nome unânime na seleção estadual da Wisconsin Basketball Coaches Association e como resultado conquistou o prêmio de melhor jogador do ano na Wisconsin Valley Conference em 2016-17.

No entanto, em 2018 perdeu a maior parte da temporada sênior após uma cirurgia no tornozelo, formou-se cedo e se matriculou na Marquette para o semestre da primavera de 2018, durante o qual ele mudou de camisa. Por lá o jogador começou se destacando.

Parceria com Sam Hauser

No Marquette, Joey começou a jogar com seu irmão, Sam Hauser, no qual entrou em quadra 31 de 34 jogos e teve média de 9,7 pontos, 5,3 rebotes e 2,4 assistências em 29,2 minutos por jogo, marcou dois dígitos 17 vezes, incluindo nove vezes na ação do BIG EAST.

Foi cinco vezes calouro da semana no BIG EAST,  Além disso, fez seis pontos e sete rebotes na estreia da NCAA contra UMBC (11/6) na abertura da temporada.

Entrou na equipe titular pela primeira vez contra o Presbyterian (11/17) depois de servir como reserva em seus primeiros três jogos. Marcou 18 pontos e pegou quatro rebotes em seu primeiro jogo fora de casa em Indiana (11/14). Marcou 15 pontos em seu primeiro jogo na carreira contra o No. 12/16 Wisconsin (12/8), uma vitória no Fiserv Forum.

Entretanto, no início de 2019, os dois jogadores deixaram a equipe. Sam Hauser, que já era um atacante júnior de 1,80m, foi o segundo maior artilheiro de Marquette com 14,9 pontos por jogo e 7,2 rebotes por jogo. Por sua vez, Joey Hauser, que era até então um calouro de 6-9, teve média de 9,7 pontos e 5,3 rebotes.

Chegada ao Michigan State University e Draf

Após um período sem poder jogar quando deixou o Marquette, Joey Hauser integrou então o Michigan State Spartans, time universitário da Universidade de Michigan. Por lá, apareceu em todos os 28 jogos, começando 16 vezes. Foi terceiro na equipe em pontuação com 9,7 pontos por jogo e empatado na liderança da equipe com 5,6 rebotes.

Também teve média de 1,4 assistências por jogo e liderou o time em porcentagem de arremessos de quadra, acertando 47,5% de seus arremessos do chão (94 de 198), empatado em segundo lugar no time em arremessos de 3 pontos feitos (34) e terceiro da equipe em percentual de 3 pontos (42,0).

Na temporada de 2022/23, participou de 35 jogos e foi titular 29 vezes foi o sexto no time em pontuação com 7,3 pontos e segundo no time com 5,3 rebotes. Também foi o terceiro no time com 1,7 assistências por jogo, teve no Arremesso de 44,6 por cento do chão (82 de 184) e acertou 40,8 por cento de suas tentativas de 3 pontos (40 de 98).

Segundo na equipe em porcentagem de lances livres, acertando 86,2 por cento de seus arremessos (50 de 58). Liderou a equipe marcando uma vez, em rebotes 12 vezes e em assistências oito vezes. Teve duas duplas e três jogos com pelo menos 10 rebotes.

Igualou o recorde de sua carreira e marcou 27 pontos, o melhor da temporada, na vitória do Torneio da NCAA Davidson (3/10), jogando 34 minutos, o melhor da temporada, acertando 9 de 12 arremessos, incluindo 4 de 6 de 3 pontos e pegando oito rebotes.

Irmão de inscrito no Draft da NBA é astro do Boston Celtics
IconSport

Hauser se colocou no radar da NBA com uma temporada sênior no estado de Michigan, durante a qual obteve média de 14,4 pontos e 7,0 rebotes por jogo, enquanto arremessou 46,1 por cento na faixa de 3 pontos. Portanto, entra como um dos nomes de destaque para o Draft que acontece na noite desta quinta-feira.

Raphael Almeida Raphael Almeida

Jornalista 33 anos. Atualmente sou repórter e comentarista na Web Rádio Bate Fundo Esportivo. Redator no portal Minha Torcida com passagens por Premier League Brasil e Futebol na Veia.