Com ultimato do presidente, Grêmio considera o duelo contra o Vasco como definidor

O duelo da próxima quinta-feira (2) contra o Vasco da Gama, às 20h, no estádio São Januário, válido pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, colocará à prova a manutenção de Roger Machado no comando técnico, além da atual estrutura do departamento de futebol.

Após longa reunião realizada na última segunda-feira (30) com Dênis Abrahão e Sergio Vazques, respectivamente, vice e diretor de futebol, o presidente Romildo Bolzan Jr definiu pela permanência, pelo menos momentânea, dos dirigentes e da atual comissão técnica até a partida da próxima quinta-feira.

Em entrevista concedida à Rádio Grenal, o mandatário gremista definiu o duelo contra o Vasco como sendo definidor para o futuro do Grêmio.

“Para nós, o jogo contra o Vasco é extremamente definidor, balizador e, principalmente, que rompe fronteiras e uma linha de tempo. Precisamos dar respostas imediatas a respeito não somente do futebol, mas também da qualidade do futebol e da nossa ambição no campeonato para resolver aquilo que precisamos fazer, que é vencer. Todas essas situações estão muito claras para nós. A mobilização que estamos fazendo tem tudo a ver com o jogo de quinta-feira”, afirmou Romildo Bolzan Jr.

Vindo de uma sequência de quatro jogos sem vitória e ocupando a 5ª colocação da Série B do Brasileirão, o Grêmio enfrentará o Vasco da Gama na próxima quinta-feira, às 20h, no estádio São Januário.

Acadêmico de jornalismo na UniRitter, entusiasta por futebol e tudo que acontece nesse mundo esportivo