Diferentemente do Paris Saint-Germain que terá um acréscimo em seu valor de mercado, o Barcelona que viu Lionel Messi deixar o Camp Nou na última semana, pode ter o seu preço reduzido em R$ 842 milhões.

A informação que aqui trazemos foi dada pelo "Brand Finance", que aponta redução no valor de mercado da equipe blaugrana em cerca de 137 milhões de euros, com uma queda de 11% nos próximos anos.

Além da perca financeira e esportiva, a saída de Lionel Messi que troca a Espanha pela França, poderá trazer outras adversidades ao Barcelona, bem como dificuldade em encontrar novos patrocinadores que paguem os valores atuais, a perca de receitas comerciais e, além disso, a queda na bilheteria em dias de jogos.

Se não bastassem esses fatores acima citados, o futuro do Barcelona também é bastante preocupante, onde segundo a empresa de consultoria já aqui citada, a saída do argentino pode trazer menos simpatizantes à equipe espanhola ao longo dos próximos anos, o que deve gerar uma queda ainda maior de receitas.

Comparação com o Real Madrid

Para se ter uma noção do que ela apresenta, quando o Real Madrid anunciou a saída de Cristiano Ronaldo para a Juventus, no ano de 2018, o clube merengue viu seu valor de mercado despencar 19%, onde até hoje luta para se recuperar sem um grande nome em seu elenco.

"Messi é sinônimo de marca "Barcelona" e é o talismã do clube deste que entrou em cena, no ano de 2007. Sua presença no Camp Nou atraiu torcedores, melhores jogadores, dirigentes, acordos comerciais e troféus", destacou Teresa De Lemus - diretora geral da Brand Finance na Espanha.