Ainda sem um treinador oficial para a temporada 2022, o Flamengo que enviou alguns representantes para a Europa nesta sexta-feira (17), segue monitorando o mercado europeu, onde ainda sonham em repatriar um velho conhecido seu.

Estamos nos referindo a Jorge Jesus, que tem contrato em vigor com o Benfica até junho do próximo ano.

Mesmo sabedores das dificuldades de tirá-lo do clube português, Marcos Braz (vice-presidente de futebol) e Bruno Spindel (diretor executivo) terão uma última reunião com Mister neste final de semana.

Nesta mesma, os flamenguistas tem a intenção de um papo olho a olho com o comandante técnico, onde querem ouvir deste as informações sobre o seu futuro e se há interesse em retornar ao Flamengo.

Antes de partir para Portugal, Marcos Braz prometeu tomar um cafezinho com Jorge Jesus, destacou o seguinte:

"Temos uma relação construída com ele. O Jorge sabe muito bem como foram as nossas primeiras conversas. Ele sabe o que botou na mesa para vir ao Brasil. Ele conhecia o Flamengo, tínhamos conhecimentos comuns. Ele sabe que tudo que tratei com ele eu cumpri. Eu tenho esse critério com ele. Ele tem situação contratual, mas toda vez que vou a Portugal me encontro com ele. Para mim, seria uma decepção eu ir a Portugal e ele não pagar um café", revelou o vice-presidente de futebol empossado pela segunda vez nesta última quinta-feira (16).

Outros nomes na mira do Flamengo

Além de Jorge Jesus que segue sendo o favorito para comandar o Flamengo em 2022, o Rubro-Negro tem outros nomes em sua "lista", bem como: Paulo Sousa, Paulo Fonseca e Carlos Carvalhal.

Como já dito acima, mesmo sabedores das dificuldades de terem Jorge Jesus de volta ao clube, manterão o nome em pauta até a reunião deste final de semana, onde posterior a essa em caso de negativa, irão partir para os demais nomes aqui citados, para assim deixarem os torcedores tranquilos neste final de ano.

O Rubro-Negro pretende fechar com o novo treinador até o dia 31 de dezembro; aguardemos!