A Confederação Brasileira de Futebol pretende comprar briga com as Ligas Inglesas e Russas, que impediram jogadores de se apresentarem a Seleção Brasileira para as rodadas de setembro pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022.

De acordo com as últimas informações do site "GE", a entidade máxima do futebol brasileiro manterá as convocações de Alisson, Fabinho, Roberto Firmino, Ederson, Gabriel Jesus, Thiago Silva, Fred, Rafinha (todos da Liga Inglesa); Claudinho e Malcon (Liga Russa).

Com essa atitude, a CBF quer que a FIFA imponha a regra que impede os clubes de usar esses jogadores por cinco dias após o fim da janela internacional, assim, esses clubes não poderiam utilizar os jogadores aqui acima citados, sendo que Zenit, Chelsea e Manchester United perderiam Claudinho, Malcom, Thiago Silva e Fred, respectivamente, nos jogos de estreia pela Champions League.

Richarlison - a exceção frente a CBF

A CBF não deve complicar a vida do Everton, que liberou Richarlison para os Jogos Olímpicos de Tóquio, mantendo assim uma boa relação com o clube inglês.

Vale salientar que todos os jogadores já aqui nominados estão cientes da posição da CBF, o que não quer dizer que os mesmos estejam satisfeitos, uma vez que corre sério risco de não poderem entrar em campo por seus times em um ou dois jogos.

A Confederação Brasileira de Futebol também avisou a esses que não terão qualquer punição ou retaliação por conta deste episódio, assim sendo, em uma nova convocação, os mesmos poderão estar presentes nesta lista; aguardemos os próximos capítulos.