A Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol definiu os árbitros e assistentes indicados para compor o quadro internacional da FIFA no próximo ano.

Ao todo serão 17 nomes entre mulheres e árbitros e mais 17 assistentes, onde também irão compor esse quadro 12 nomes para atuarem como árbitro assistente de vídeo (VAR) em jogos organizados pela entidade máxima do futebol nacional.

Assim, o nosso país para a próxima temporada teve o direito de ampliar a sua arbitragem feminina no quadro internacional.

Quadro feminino e masculino

Entre as sete árbitras e sete árbitras assistentes para 2022 estão à mineira Andreza Helena Siqueira e a amazonense Anne Kesy Gomes de Sá - duas novidades na lista para a próxima temporada.

No quadro masculino, a principal novidade se deu pela entrada do brasiliense Savio Pereira Sampaio entre os árbitros, ocupando o lugar do catarinense Rafael Traci, que segue no quadro da FIFA como árbitro assistente de vídeo (VAR).

Em coletiva, o presidente em exercício da CBF - Ednaldo Rodrigues comentou a seguinte a respeito do assunto:

"Quero parabenizar os árbitros e assistentes pelas designações, bem como suas respectivas federações estaduais pelo trabalho de desenvolvimento, o que permite ao Brasil ter um dos maiores quadros internacionais de árbitros do mundo. A arbitragem brasileira terá um ano desafiador em 2022 e vamos trabalhar muito para que nossos árbitros e árbitras estejam bem preparados para manter atuações de alto nível ao longo de toda a temporada".

Já o presidente interino da Comissão de Arbitragem - Alício Pena Junior declarou o seguinte:

"O Brasil tem uma representatividade muito grande na arbitragem internacional. São 34 indicados a atuar nos gramados e mais 12 árbitros de vídeo. Isso dá a dimensão do respeito e da responsabilidade que nós temos, e é assim que encaramos nosso trabalho no dia a dia, para que a arbitragem brasileira seja cada vez melhor".