Como todos apaixonados por esporte sabem, as casas de apostas sempre foram as “queridinhas” de quem gostar de fazer uma “fezinha”, no entanto, entre clubes de futebol da Inglaterra, isso é mais que um simples jogo de azar, mas sim um meio de ganhar dinheiro, visto que grande parte desses são patrocinados por essas “casas”.

Agora por conta de alterações na legislação inglesa, nove clubes da Premier League poderão ficar sem esses patrocinadores, pelo menos é esse o sinal que o mercado recebe do governo local.

O governo britânico resolveu rever as regulamentações sobre jogos de azar no Reio Unido, que estão em vigor desde 2005. Segundo Nigel Huddleston – Ministro de Esportes declarou recentemente que a revisão “colocará a estrutura legal na era digital”.

Com relatório iniciado em dezembro de 2020, o mesmo após 16 semana ficou pronto, devendo ser revelado até o final de novembro. Segundo as autoridades locais, até agora nenhuma decisão fora tomada, porém são fortes os rumores de que haverá algumas mudanças.

Proibição de publicidades de casas de apostas no futebol

Se as medidas forem rígidas, como, por exemplo, a proibição de publicidade dessas casas de apostas no futebol, muitos clubes da primeira e segunda divisão inglesa deverão perder seus patrocínios deste mercado.

Confira os clubes da Premier League que contam com esses patrocínios:

  • Brentford
  • Burnley
  • Crystal Palace
  • Leeds United
  • Newcastle
  • Southampton
  • Watford
  • West Ham United
  • Wolverhampton Wanderers

Os valores desses patrocínios geralmente não são revelados, no entanto, o West Ham teve esses revelados pela imprensa, dando a real noção de sua “grandeza”; o clube aqui em destaque recebe 10 milhões de libras por temporada, com contrato válido até 2025.