Campeão da Recopa Gaúcha, Natã Felipe se destaca e ganha elogios de Kannemann: “Guri centrado”

Titular e campeão da Recopa Gaúcha pelo Grêmio na última terça-feira, o zagueiro Natã Felipe, de 20 anos, vem ganhando pontos com a comissão técnica, fazendo com que recebesse elogios de Roger Machado, além do argentino Walter Kannemann.

“Com a afirmação e realidade que o Natã Felipe passou (contra o Glória de Vacaria), a gente ganha alternativas que nos dão condições de buscar, por vezes, uma linha de cinco jogadores para que tenhamos, pelo centro do campo, um volante, dois meias, dois atacantes mais rápidos, sendo um centralizado e outro de flutuação, e dois alas pelas beiradas”, disse o técnico Roger Machado a respeito de Natã Felipe.

Já o zagueiro Walter Kannemann, ídolo da torcida e multicampeão com o Grêmio, em entrevista concedida na tarde da última quarta-feira (25), também fez elogios ao jovem defensor de 20 anos.

“Eu gosto do Natã Felipe porque ele é um guri centrado e que sabe escutar. Hoje não é fácil encontrar um guri assim. Sempre digo que não tem que falar de mais ou falar de menos, e tem que saber escutar. Quando um guri dá o seu máximo, escuta e fala o necessário, é mais um que ajuda. Ter um jogador assim ajuda muito o time”, afirmou o argentino.

Natural de Ribeirão Preto/SP, Natã Felipe se mudou muito jovem para Rondon, no Paraná. A chegada do defensor ao Grêmio se deu em 2018. Após iniciar no Cianorte e ser emprestado por três meses ao Coritiba, o jogador foi oferecido pelo empresário Marcelo Pacheco ao Tricolor Gaúcho, que por sua vez, depois de demonstrar reticência inicial pela baixa estatura do atleta, viabilizou a contratação junto ao Cianorte.

Titular da equipe no duelo contra o Glória de Vacaria, que marcou o tricampeonato da Recopa Gaúcha por parte do Grêmio, Natã Felipe já vem obtendo destaque desde a disputa do Gauchão.

Atuando pelo Aimoré por empréstimo, o defensor foi eleito, juntamente com Pedro Geromel, o melhor zagueiro do Campeonato Gaúcho de 2022. As boas atuações pelo Índio Capilé fizeram com que clubes do mercado interno e externo realizassem sondagem pelo atleta.

O Fortaleza e uma equipe da primeira divisão do futebol português demonstraram interesse logo após o término do Gauchão, porém o jogador e o empresário Marcelo Pacheco optaram pelo retorno ao Grêmio e ampliação contratual junto ao Tricolor Gaúcho.

Natã Felipe possui contrato com o Grêmio válido até o final de 2023. A multa rescisória do defensor para o mercado externo está fixada em 50 milhões de euros. 60% dos direitos econômicos do zagueiro de 20 anos está ligado ao Grêmio, 25% ao Cianorte e os 15% restantes pertencem ao atleta.

Acadêmico de jornalismo na UniRitter, entusiasta por futebol e tudo que acontece nesse mundo esportivo