Bustos analisa empate fora de casa na Copa Sul-Americana

De antemão, é possível afirmar que a partida da última quarta-feira (29) foi uma das piores atuações do Santos na atual temporada. Entretanto, o técnico Fabián Bustos valorizou o resultado alcançado fora de casa.

Logo depois do sofrido empate em 1×1 contra o Deportivo Táchira, em San Cristóbal, na Venezuela, o treinador argentino afirmou que o time fez o suficiente para, pelo menos, empatar. Assim, entendendo que foi um bom resultado para o alvinegro

Além disso, Bustos destacou o descanso do Táchira e as dificuldades que o Santos teve para ir a campo com 10 desfalques.

“Viemos para levar um bom resultado, sempre respeitando o bom time do Táchira, que estava mais descansado. Não jogavam há 11 dias, nós jogamos no fim de semana e tivemos desfalques, alguns com dificuldade física. Seria injusto se não pontuássemos. O rival se colocou em vantagem num erro nosso, um gol contra, quando o jogo estava equilibrado.”

Da mesma forma, o treinador argentino analisou o comportamento da equipe no segundo tempo. Principalmente após as substituições.

“No segundo tempo fomos para reverter e criamos possibilidades pelas pontas e demoramos para acertar e deixar o lance claro como Rwan deixou para Sánchez. Agora jogaremos em casa e será diferente.” Finalizou o técnico do Santos.

Entre lesionados (Maicon e Madson), afastados por covid (Sandry), supensos (Léo Baptistão, Lucas Barbosa e John) e poupados (Rodrigo Fernández, Marcos Leonardo, Eduardo Bauermann e Ricardo Goulart). Assim, o Santos viajou para a Venezuela com um total de 10 desfalques.

“Três jogadores não vieram por suspensão. Dois ou três [estão] em plena recuperação física. Creio que contaremos com sete ou oito para acompanhar os que estiverem melhores para o fim de semana”, concluiu Fabián Bustos.

Da mesma forma, somente Maicon e Sandry devem ficar de fora do jogo contra o Flamengo. Acontecerá no sábado (2), na Vila Belmiro, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Foto Destaque: Santos FC

Me chamo Júlio César, tenho 20 anos, sou natural de Vitória da Conquista (BA) e atualmente estou cursando Comunicação Social - Jornalismo na Universidade Federal do Recôncavo Baiano. Apaixonado por [...]