Mal o Campeonato Brasileiro 2022 iniciou e já temos dois treinadores demitidos. Sim, ao final da primeira rodada do Brasileirão tivemos o conhecimento das demissões de Alberto Valentim e Marquinhos Santos, que deixam os comandos de Athletico e América Mineiro, respectivamente.

Mesmo parecendo cedo de mais, demissões de técnico logo de cara na arrancada do Brasileirão não é tão comum quanto parece, visto o levantamento realizado pela ESPN, que apontou que como ocorrido em 2021, quando fora demitido do cargo de treinador do Cuiabá, Valentin este ano também não passou da primeira rodada da Série A empregado.

Assim como esses dois nomes acima apontados, em 2005 e 2007, Péricles Chamusca e Ivo Wortmann foram demitidos após o final da primeira rodada, quando comandava o Goiás e o Juventude, respectivamente.

Treinadores demitidos da Série A em 2022

Alberto Valentim que vinha a frente do Athletico, não suportou além das derrotas para o Palmeiras - na final da Recopa Sul-Americana e Coritiba - pelo Campeonato Paranaense, como também na estreia do Brasileirão diante do São Paulo, no último final de semana, quando viu sua equipe ser goleada por 4 a 0, no Morumbi.

Por sua vez, Marquinhos Santos após passar pela fase preliminar da Libertadores com êxito, onde derrotou o Guarani - do Paraguai e o Barcelona - do Equador, não suportou as derrotas diante do Independiente del Valle - já na fase de grupos do torneio sul-americano e diante do Avaí, na estreia do Brasileirão, também no último final de semana.

Desta forma, temos as duas primeiras demissões de treinadores no Campeonato Brasileiro - Série A, temporada 2022; qual será o próximo? Veremos!