Com a vitória do Brasil sobre a Colômbia nesta noite da última quinta-feira - 11 de novembro, pela 12ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 (Sul-Americana), a nossa seleção carimbou sua vaga para o Catar.

Assim, o Brasil se junta à Alemanha, Dinamarca, Catar (país-sede), Marrocos e Senegal; seleções essas até aqui garantidas na próxima edição do Mundial de 2022.

Mesmo com certas dificuldades de furar o bloqueio da seleção colombiana, o Brasil venceu o jogo com gol de Lucas Paquetá na etapa complementar.

O duelo realizado na Neo Química Arena ficou longe de ser empolgante, como fora o último diante do Uruguai, mas mais uma vez, a seleção brasileira demonstrou solidez defensiva, repertório tático e combatividade.

Encantando menos do que quando garantiu vaga para o Mundial da Rússia, em 2017, essa seleção contou ou conta até aqui com um leque maior de jogadores testados por Tite; isso sem falar nas alternativas táticas utilizadas pelo comandante.

Se não temos como prever o futuro, há de se louvar o que foi feito até aqui, visto que Tite e seus comandados terão pelo menos 10 jogos para se prepararem até o Mundial de 2022.

Desses, serão mais seis pelas Eliminatórias (com jogo adiado contra a Argentina) e mais cinco amistosos, sendo três em junho de 2022 e mais dois em setembro do mesmo ano.

Também devemos lembrar que a Copa do Mundo do Catar de 2022 iniciará a menos de um ano e a fase vivida pelos comandados por Tite será determinante para a busca da taça ou não, assim como uma série de outros fatores incontroláveis, bem como o sorteio das chaves, que será realizado somente em abril.

Apesar de alguns jogos sem muita graça pelos lados do Brasil, com a falta de comprometimento de alguns atletas, campos ruins e principalmente por conta das arquibancadas vazias, a campanha brasileira nestas eliminatórias até aqui está sendo irrepreensível.

Campanha brasileira nas Eliminatórias

Das doze partidas já disputadas pelo Brasil nas Eliminatórias Sul-Americanas, a nossa seleção venceu onze e empatando uma - estando ela invicta até o momento. Com 27 gols a favor e apenas 4 gols contra - um percentual de 94,4%.

Assim, nos vemos no Catar em 2022, onde a seleção tentará a sexta taça do torneio mundial.