Jorge Jesus? Botafogo mira a contratação de outro técnico português

Os últimos dias foram extremamente agitados pelos lados do Botafogo. Se por um lado o Fogão venceu o Palmeiras no último domingo (25), abrindo uma grande vantagem parcial de sete pontos para o vice líder Grêmio e oito pontos para o Alviverde Paulista, pelo outro o Glorioso teve a perda do seu treinador Luis Castro, que se transferiu para o Al-Nassr, equipe no qual o craque português Cristiano Ronaldo defende.

Portanto, a diretoria Alvinegra já busca um sucessor para o comandante português, podendo trazer ao comando técnico da Estrela Solitária outro técnico lusitano, conhecido pela torcida brasileira.

Bruno Lage é o plano A do Fogão

Um dos alvos cotados para assumir a vaga do português Luis Castro é o conterrâneo Bruno Lage, treinador de 47 anos.

O técnico está livre no mercado desde outubro do ano passado, quando deixou de ser comandante do Wolverhampton. Antes disso, ele teve passagens por equipes como Benfica e Swansea.

Bruno Lage foi campeão da Primeira Liga pelo Benfica em 2019 e vinha fazendo um trabalho digno no Wolverhampton no ano passado. O técnico conseguiu ficar no 10º lugar da Premier League, mas acabou sendo desligado depois de uma sequência de resultados negativos.

O treinador ficou conhecido pelos torcedores brasileiros pelas recentes especulações do técnico vinculadas a outros grandes clubes brasileiros como Corinthians, Atlético-MG e Flamengo.

Jorge Jesus? Que nada!

O ex-técnico do Flamengo e do Benfica, Jorge Jesus, chegou a ser consultado por John Textor, dono do Botafogo, mas sem sucesso.

Tudo porque o comandante português está prestes a fechar com a Seleção da Arábia Saudita, tendo um dos maiores salários entre técnicos no mundo.

O Botafogo visa encontrar rapidamente um substituto no mercado para vaga de Luís Castro. O time atualmente é líder do Brasileirão e está vivo na disputa da Sul-Americana. Bruno Lage cumpre os requisitos de John Textor e seria uma opção interessante para sequência da temporada.

Raphael Almeida Raphael Almeida

Jornalista 33 anos. Atualmente sou repórter e comentarista na Web Rádio Bate Fundo Esportivo. Redator no portal Minha Torcida com passagens por Premier League Brasil e Futebol na Veia.