Ronald Koeman não é mais técnico do Barcelona. Após mais um resultado negativo, agora pelo Campeonato Espanhol diante do Rayo Vallecano, onde os catalães perderam por 1 a 0, nesta última quarta-feira (27), o treinador holandês não conseguiu mais permanecer à frente do comando técnico da equipe grená.

O anúncio da demissão fora publicado no Twitter oficial do clube, onde em uma curta nota o Barcelona destacou o seguinte:

"O FC Barcelona demitiu está noite Ronald Koeman como treinador principal".

Barcelona em La Liga

Na nona colocação em La Liga, com 15 pontos em 10 jogos já disputados - seis pontos atrás do Real Madrid, líder da competição; para agravar ainda mais a situação do clube aqui em questão, tem a derrota do mesmo para os merengues na rodada passada.

Barcelona na Champions League

Somada a derrota para o Real e a má campanha em La Liga, ainda há a má colocação do time na Champions League, onde ocupa a terceira posição em seu grupo, com três pontos em três jogos já disputados; isso sem falar das goleadas sofridas para o Bayern de Munique e Benfica.

Ronald Koeman no Barcelona

Koeman que foi jogador do clube fora chamado para comandar o Barcelona em agosto de 2020 pelo ex-presidente Josep Maria Bartomeu, no entanto, sob nova administração, já no comando de Joan Laporta, esse sempre deixou bem claro que o holandês não era seu preferido.

A dupla durante esse período após assumir a função de presidente, viveram momentos complicados, onde lembramos que no último mês Koeman havia divulgado um comunicado pedindo tempo para reconstruir o time após a perca de Lionel Messi e Antoine Griezmann na última janela de transferências.

No entanto, seu pedido não foi aceito e agora o Barcelona vai em busca de um novo nome para comandar a equipe neste restante de temporada, que por sinal ainda nem chegou a sua metade.

Nomes como Xavi ganham força nos corredores do Camp Nou, que em breve deverá servir como palco da apresentação do novo comandante técnico do time.