Atlético Mineiro vence Fortaleza; veja os melhores momentos

O Atlético Mineiro escreveu mais um capítulo de viradas épicas no Mineirão. Jogando sem Hulk, seu principal jogador, o Galo virou para cima do Fortaleza nos 15 minutos finais, após sair perdendo por 2 x 0, em partida válida pela 14ª rodada do Brasileirão.

1º tempo

O Fortaleza surpreendeu logo aos dois minutos, com Romarinho. O camisa 11 do Tricolor acertou um belo chute de fora da área e abriu o placar. A situação do Galo ficou ainda pior quando o Leão acertou um bom contra-ataque e fez o segundo, novamente com Romarinho.

Não demorou muito para El Turco mexer. Vargas entrou na vaga de Junior Alonso. O Galo pressionava, mas não conseguia furar a defesa cearense. O primeiro chute dos donos da casa saiu somente aos 37 minutos. O Fortaleza foi mais eficiente.

2º tempo

Na volta do intervalo, o Galo voltou com mais três substituições. Não conseguiu um abafa nos primeiros 20 minutos, mas voltou com mais organização e sendo mais objetivo. Assim, a 1ª chegada de perigo foi num cabeceio de Vargas, que Boeck defendeu. Contudo, aos 30′ , Rubens inflamou as arquibancadas, aparecendo na segunda trave e batendo cruzado, direto para o gol. A energia tomou conta do gramado. Teve tempo para mais. Aos 41′, Réver, de cabeça, empatou.

O Galo seguiu na pressão, buscando a virada. O Fortaleza, por sua vez, queria cadenciar o jogo. Contudo, aos 48′, Matheus Jussá entrou em campo como última mudança no Leão. E, três minutos depois, teve participação decisiva: marcou contra, após cabeceio de Vargas, o que concretizou a virada atleticana. Fim de jogo no Mineirão: virada história do Galo: 3 x 2.

Agenda

Como resultado, o Galo chegou aos 24 pontos, alcançando o 5º lugar. Na próxima terça-feira (28), o time encara o Emelec, no Equador, pelas oitavas de final da Libertadores. No Brasileiro, visita o Juventude, sábado (2), às 16h30 (horário de Brasília).

Por fim, o Fortaleza está em penúltimo lugar, com 10 pontos. Também joga na Libertadores, mas contra o Estudiantes, quinta-feira (30), no Castelão. No Brasileiro, visita o Coritiba, domingo (3), no Couto Pereira, às 18h (horário de Brasília).

A sensação de poder transmitir uma sentimento à cada leitor é o que me move. Ainda assim, sou somente mais louco que fez da escrita e do esporte a sua [...]