De volta ao Brasil, Ricardo Goulart que está livre no mercado após rescisão contratual com o Guangzhou - da China; está à disposição para assinar com qualquer outro clube de seu interesse ou que tenha interesse no meio-campista.

O mesmo retornou ao país de origem na última semana, onde diz dar preferência por voltar a jogar no Brasil, assim, ouvirá primeiramente propostas vindas de times brasileiros. Sem atuar no Brasil desde 2019, Goulart de 30 anos, já defendeu clube no país como: Internacional, Cruzeiro e Palmeiras.

Passagem de Ricardo Goulart pela China

Com uma passagem vitoriosa pelo país asiático, ele é um dos jogadores estrangeiros mais vencedores da história do futebol chinês, tendo conquistado três títulos nacionais, um da Liga dos Campeões da Ásia, uma Copa e três Supercopas da China;

Contratado em 2015, quando defendia as cores do Cruzeiro, o mesmo jogou pela primeira vez a China em 2016, voltando ao Brasil no final de 2017 e permanecendo por aqui até 2019, quando defendeu o Palmeiras.

Em 2020, voltou ao futebol chinês e ao mesmo time, encerrando em 2021 sua passagem pelo futebol da região.

Em cinco temporadas que defendeu o Guangzhou, entrou em campo em 171 jogos, marcando 111 gols neste período. Na última temporada, o jogador brasileiro foi cedido ao Hebei, onde atuou pouco mais de 1.500 minutos, sendo o jogador que mais jogou na liga, com 13 jogos; pelo Hebei, Ricardo Goulart marcou sete gols.

Agora mais uma vez de volta ao Brasil, o meia-atacante está em busca de um novo clube, no entanto, não se sabe se ele já conta com algumas propostas, uma vez que só poderá atuar no país em 2022.