Zagueiro Dedé está livre no mercado! Sem atuar desde 2019 e após longa disputa na Justiça, o defensor finalmente conseguiu chegar a um acordo com o Cruzeiro, desta forma, o jogador de 33 anos que possuía vínculo com a Raposa até dezembro deste ano, está a disposição no mercado para acertar com qualquer equipe de seu interesse.

A informação que aqui trazemos foi dada pelo portal "Superesportes" e confirmada posteriormente pela Rádio Itatiaia.

Com um acordo firmado em R$ 16,6 milhões pelas custas processuais, o clube mineiro deve pagar essa quantia a partir de 2022; a mesma será dividida em parcelas - não informadas.

Esse valor acordado é muito inferior ao que o zagueiro solicitava junto a Justiça do Trabalho, donde ele cobrava cerca de R$ 35 milhões em rescisão de contrato, salários atrasados e depósito do FGTS.

Vale lembrar que Dedé que passou por diversos problemas físicos no período em que tentou defender o Cruzeiro, havia passado no começo de 2020 por cirurgia no joelho esquerdo, após tentar tratamento convencional desde outubro de 2019 - donde desde então não entra em campo pelo clube celeste.

Dedé pelo Cruzeiro

O zagueiro foi contratado pelo clube mineiro em 2013, junto ao Vasco da Gama, ajudando esse a conquistar dois Brasileirões (2013 e 2014), duas Copas do Brasil (2017 e 2018) e três estaduais (2014, 2018 e 2019).

Com a camisa do Cruzeiro, o defensor entrou em campo em 188 jogos, com 15 gols anotados neste período.

Luta contra as lesões

Dedé vem lutando contra as constantes lesões desde 2014, quando diante do Santos, na Vila Belmiro, rompeu o ligamento do joelho no dia 06 de novembro, ficando 14 meses afastados dos gramados.

Um mês após seu retorno aos gramados, em janeiro de 2016, voltou a sentir o local operado, onde foi identificada uma fratura na patela. Com mais um procedimento cirúrgico, Dedé voltou a ficar parado mais 13 meses.

Seu retorno desta vez se deu em março de 2017, com poucas partidas disputadas pelo Cruzeiro, onde nova lesão o afastou dos gramados; agora lesão no joelho esquerdo.

Com edema ósseo Dedé passou por nova cirurgia, ficando 11 meses parado, voltando somente em fevereiro de 2018, tendo participação importante no título da Copa do Brasil daquele ano.

Já na reta final do Brasileirão de 2019, em partida contra o Corinthians, na Neo Química Arena, voltou a reclamar de dores no joelho direito e desde então não retornou mais aos gramados.

Agora livre no mercado, o agente do jogador garante que ele está apto para voltar a jogar, precisando apenas de um time interessado em contar com seu futebol.