Após acidente, Renan relata ameaças de morte e se muda de Bragança Paulista

O zagueiro Renan, que matou um motociclista atropelado, disse que recebeu ameaças de morte após deixar a prisão e precisou se mudar de Bragança Paulista. De fato, o jogador de 20 anos saiu da cadeia no último sábado (23), e vai responder em liberdade pelo crime.

À Justiça, o zagueiro afirmou que recebeu ameaças na porta de sua residência e que teme por sua integridade física e de sua família.

No documento, os advogados de Renan também alegam que o jogador deve ter o contrato rescindido pelo RB Bragantino. Decerto, essa informação foi dada pelo ge.

Enfim, o contrato de empréstimo de Renan com o Massa Bruta seguiria até o fim da temporada. Mas o zagueiro pertence ao Palmeiras, com quem tem vínculo até 2025.

Resultados do acidente de Renan

Após passar por audiência de custódia, o zagueiro Renan deixou a prisão. Assim, além de ter que pagar uma fiança de R$ 242 mil, que corresponde a quase três salários do jogador, a Justiça estabeleceu que ele deve comparecer em todos os atos do processo.

Renan também foi proibido de frequentar bares e casas de shows, além de ter que entregar seu passaporte à Polícia Federal.

O zagueiro vai responder em liberdade por homicídio culposo na direção de veículo automotor – quando não há intenção de matar – com os agravantes de dirigir sob influência de álcool e não ser habilitado para dirigir. Decerto, a pena para ele pode chegar até dez anos.

Enfim, a defesa de Renan informou que o jogador prestará auxílio aos parentes da vítima e está à disposição das autoridades.

Entenda o caso

O acidente envolvendo o carro de Renan e um motociclista aconteceu por volta na manhã da última sexta-feira (22), na altura do Km 47 da Rodovia Alkindar Monteiro Junqueira.

Informações preliminares apontam que o veículo do jogador invadiu a faixa contrária e bateu de frente em uma motocicleta de 38 anos, que morreu no local. A saber, ele deixou sua esposa e suas duas filhas.

A Polícia Rodoviária Estadual informou que o zagueiro não tinha CNH definitiva e que estava com a permissão para dirigir suspensa.

Leia mais:

Foto destaque: Divulgação/ Ari Ferreira/ Red Bull Bragantino

Meu nome é Enzo Pires, tenho 19 anos e sou estudante de jornalismo. Desde que terminei a escola eu tinha certeza que meu futuro seria no esporte.