Manaus sediará a Taça Libertadores feminina

Estado do Amazonas ganhou o direito de realizá-la no Brasil, declarou o supervisor de futebol feminino da CBF nesta segunda-feira.

Por
Compartilhe

Diferentemente de como ocorre no futebol masculino – dentro do futebol feminino a “Taça Libertadores” é disputada em apenas um local. E este ano a competição será disputada em Manaus – na Arena da Amazônia.

Arena construída para a Copa do Mundo de 2014 será o palco dos jogos.Arena construída para a Copa do Mundo de 2014 será o palco dos jogos.

Entretanto, uma queda de braços silenciosa entre os organizadores por muito pouco não “melou” a competição – até que o comitê organizado pressionou o governo local que emitisse as passagens aéreas para os times e arbitragem que irão participar da competição.

O acordo entre governo local, CBF e Conmebol só saiu a dois dias do sorteio das chaves e a menos de duas semanas do início da competição, porém, parece que tudo está resolvido entre as partes.

Essa última segunda-feira foi marcada por definições, como explica o diretor executivo do Iranduba – clube responsável por sediar a competição em Manaus – Lauro Tentardini, que declarou que o estado se comprometeu em bancar o custo das passagens e o translado terrestre das equipes, delegações da Conmebol e CBF e também da arbitragem – quantia essa que corresponde a aproximadamente R$ 1,2 milhões.

Em reunião fechada no dia de ontem, o supervisor de futebol feminino da CBF – Romeu Castro e o responsável pela Sejel estiverem reunidos para as definições finais e sob muita pressão por parte das confederações e do clube responsável, ficou então definido que, por hora, seis delegações terão as passagens liberadas até essa terça-feira; são elas: Cerro Porteño, Sport Girls, Flor de Patria, Union Española, Santos e Audax. Depois desse lote, de acordo com a pressão da Conmebol, a organização da competição no Brasil terá até amanhã para emitir o restante das passagens.

Para Romeu Castro – supervisor de futebol feminino da CBF, a competição irá ocorrer sim em Manaus.

“Está definida a Libertadores Feminina e ela irá ocorre sim, em Manaus. Foi o estado que ganhou o direito de realizá-la no Brasil e temos todo o apoio do governo local em relação a suas contrapartidas, que visam o bem-estar e a segurança das equipes”, declarou ele.

Já o titular responsável pela Sejel – Manoel Almeida, afirmou que o governo está cumprindo com tudo que foi anteriormente acertado.

“O Governo do Amazonas irá oferecer as condições para o bem-estar e a segurança das equipes que devem estar chegando aqui. Nós temos feito aquilo que foi o compromisso assumido pelo estado dentro do caderno de encargos. Iremos fornecer a logística para o transporte terrestre, as passagens para o deslocamento dessas equipes, que devem chegar no início da segunda quinzena”, encerrou.

 

Comentários