Sem treinador desde que demitiu Ramon Menezes nesta última quinta-feira, o Vasco da Gama coloca dois profissionais cascudos em sua mira; estamos aqui nos referindo a Dorival Júnior e Luis Felipe Scolari.

Em busca de um novo comandante técnico para o restante da temporada - um profissional gabaritado e com experiência, Alexandre Campello (presidente do Vasco) é quem cuida pessoalmente desta procura. Na verdade o cruzmaltino já encontrou os nomes desejados - são dois; os mesmos citados acima, onde a partir de agora a direção vascaína irá atrás deles para conversar e quem sabe acertar com um dos dois.

Tanto Dorival Júnior, quanto Felipão, já receberam contato do Vasco - esse também estaria na mira do Corinthians. Lembrando que ambos os profissionais estão desempregados neste momento. O primeiro foi demitido do Athletico em agosto deste ano, já o segundo, está sem emprego desde setembro de 2019, quando deixou o comando técnico do Palmeiras.

Dorival Júnior - o preferido

Atualmente, Dorival Júnior é o preferencial e com quem o Vasco já anda conversando mais diretamente. Vale salientar que os dois nomes aqui citados na mira do cruzmaltino se enquadram dentro do perfil traçado pelo clube, que busca um profissional experiente.

Ramon Menezes que chegou ao clube no dia 30 de março; foi demitido do cargo de treinador após pouco mais de seis meses a frente do time vascaíno e 16 jogos disputados - sendo desses, 2 pela Copa do Brasil, 2 pelo Carioca e 12 pelo Brasileirão; com oito vitórias, três empates e cinco derrotas.

Sem ainda anunciar o nome preferencial para assumir a equipe principal, Alexandre Grassiel é que será o encarregado de comandar o Vasco diante do Flamengo, neste sábado, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro.