Acabou o "ramontismo" entre Vasco da Gama e seu treinador! Sim, a direção do cruzmaltino anunciou no início da tarde desta quinta-feira a demissão de seu comandante técnico - Ramon Menezes, que após mais uma derrota no Brasileirão, não aguentou no cargo e foi desligado desse para surpresa dos jogadores vascaínos, causando uma certa revolta em parte do elenco.

O clube optou nesta quinta-feira por colocar um ponto final na passagem do técnico Ramon no Vasco após a goleada sofrida para o Bahia, por 3 a 0, nesta última quarta-feira, em jogo válido pela 14ª rodada do Brasileirão 2020.

Anúncio da demissão

O anúncio foi feito através de um comunicado oficial em seu site; confira parte deste:

"O Club Regatas Vasco da Gama anuncia que Ramon Menezes não é mais o treinador da equipe profissional. O clube agradece os serviços prestados pelo profissional e, em breve, anunciará o seu substituto".

Em um momento delicado na temporada, onde recentemente fora eliminado da Copa do Brasil para o Botafogo e após quatro jogos sem vitórias no Brasileirão; deixaram a permanência do treinador praticamente insustentável a frente da equipe principal, que ocupa no Campeonato Brasileiro a décima colocação, com 18 pontos - lembrando que o Vasco chegou a liderar o torneio nas primeiras rodadas.

No comando do Vasco, Ramon Menezes que substituiu Abel Braga no dia 30 de março deste ano, comandou a equipe cruzmaltina em 16 partidas, com 8 vitórias, 3 empates e 5 derrotas.