As últimas atuações do Vasco em 2020 fazem a diretoria se mexer com relação ao comando técnico e Abel Braga pode cair a qualquer momento, tanto que o cruzmaltino já teria até mesmo consultado a situação de Eduardo Barroca, atualmente no Coritiba.

Nesta última quinta-feira, mais um duro revés em São Januário deixou a situação de Abel Braga perigosa: derrota por 1 a 0 para o Goiás que deixa o time em situação muita delicada na Copa do Brasil, podem ter colocado um "pontinho" a mais na possível saída de Abel a frente do Vasco, tanto que o próprio treinador já avalia a possibilidade de deixar o clube. Deixando isso bem claro em entrevista coletiva.

Assim sendo, com a possibilidade de Abel deixar ou ser demitido do Vasco nas próximas horas, o nome de Barroca, de 37 anos, passou a ser ventilado pela direção vascaína; lembrando que o clube desde o ano passado tinha o treinador do Coritiba em sua mira, mas à época Abel Braga era o preferido de Alexandre Campello.

Eduardo Barroca comanda atualmente o Coritiba.
Eduardo Barroca comanda atualmente o Coritiba.

O fato de Barroca priorizar a posse de bola e um futebol bem jogado é um dos fatores que faz o Vasco procurá-lo.

Enquanto o clube carioca possui um retrospecto sofrível ofensivamente, com apenas oito gols marcados em 13 jogos, o Coritiba de Barroca tem média de quase dois por confronto (marcou 21 vezes em 10 partidas).

Barroca conhece bem o Vasco, clube pelo qual conquistou o Campeonato Carioca de 2015 como auxiliar.

Com passagens pelos quatro grandes do Rio de Janeiro, Barroca viveu seu auge na base do Botafogo, onde conquistou o Campeonato Brasileiro Sub-20 e outras competições importantes. Isso o credenciou a ser contratado em 2019 para dirigir o time profissional do Alvinegro.

O futebol bem jogado o colocou nos braços da torcida, mas a ausência de resultados no returno do Brasileiro fez a diretoria do "Fogão" decidir pela interrupção do trabalho. Na sequência, levou o Atlético-GO à Série A do Brasil. Já na temporada atual, veio assumir o Coritiba, onde até o momento realiza um excelente trabalho.

A direção vascaína procurada pelo site "globoesporte.com", negou que esteja atrás de um novo treinador para seu time principal, declarando que só irá fazê-lo, em caso de saída de Abel Braga.