"Tudo certo" no Vasco. Até por aí, claro! A direção do cruzmaltino conseguiu quitar parte da dívida que tinha com os jogadores - na verdade quitou o mês salarial referente a dezembro, faltando ainda quitar os meses de janeiro, fevereiro e o 13º salário. Isso sem falar nos direitos de imagem que estão atrasados a um bom tempo.

O pagamento do mês de dezembro só pode ser efetuado porque o clube carioca conseguiu adiantar parte da premiação referente às duas primeiras fases da Copa do Brasil. Vale ressaltar que a crise no Vasco não se diz respeito apenas ao lado financeiro, mas também dentro das quatro linhas e mesmo estando vivo em três competições - Sul-Americana, Copa do Brasil e Carioca, o mesmo corre sério risco de ficar de fora destas, principalmente no Campeonato Carioca, ou seja, nas fases finais da Taça Rio.

Se não bastasse isso tudo, o time de Abel Braga é o time com o pior futebol apresentado pelos grandes do Rio de Janeiro nestes primeiros meses de 2020 - claro que isso se deve muito a essa crise salarial; mas com certeza é a "batata" de Abelão que está assando. Os jogadores já não dão entrevistas a um bom tempo, devido a falta de pagamentos.

Abel Braga não consegue dar uma cara consistente ao Vasco da Gama e corre risco de ser queimado.
Abel Braga não consegue dar uma cara consistente ao Vasco da Gama e corre risco de ser queimado.