O Vasco da Gama apresentou o seu novo técnico para a temporada de 2020. Na tarde desta quarta-feira, o clube carioca apresentou oficialmente Abel Braga, que retorna ao cruz-maltino após 19 anos. Na apresentação, o novo técnico do Vasco afirmou que chega para o clube com o objetivo de manter o trabalho que foi bem feito pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, que não aceitou renovação de contrato:

"Eu sei bem o que é essa camisa. Eu era reserva onde eu jogava quando cheguei nesse clube e, com seis meses, estava na Seleção. Depois de dois anos, fui para o PSG. A cultura que tenho de falar francês hoje, uma honra, foi o Vasco que me proporcionou. Quero ver chegar logo aos 200 mil sócios. Sei a filosofia do clube e o que o torcedor do Vasco gosta de ver: boa exibição, jogada bonita, ousadia, mas, acima de tudo, ele quer ver coragem. O que caracteriza o Vasco é o cara, para evitar um gol, cabecear até a trave, por exemplo." declarou Abel Braga.

O acordo entre Abel Braga e Vasco da Gama foi firmado na noite da última segunda-feira, em uma reunião que demorou algumas horas para se concretizar. O treinador declarou que no encontro, o presidente Alexandre Campello foi quem mais falou, e de que a sinceridade do mandatário cruz-maltino ajudou na negociação:

"Campello falou mais. Senti um Vasco pacífico a nível político. Sou neto de português e tenho muitos amigos vascaínos. A torcida mostrou a cara e não é brincadeira o que eles fizeram. Não terá loucura aqui. Estou ganhando menos, mas estou com prazer. Ele me disse: "Vou te pagar, mas não pense que vou te pagar em dia". Ele me disse o que pensa do Vasco. Encerrar a carreira aqui será uma coisa boa. Dar seguimento ao ótimo trabalho do Luxa." comentou.