Vasco se reune com Luxemburgo para definir 2020

Com contrato encerrando no final do ano, a direção do cruz-maltino irá se reunir com Luxemburgo nesta sexta-feira para apresentá-lo o projeto para 2020 e com isso garantir a sua permanência na próxima temporada.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Com 44 pontos no Campeonato Brasileiro - a um ponto matematicamente de escapar do perigo de rebaixamento, o Vasco da Gama confirma mais uma vez que já está planejando 2020. O primeiro passo, porém, é definir a permanência ou não do técnico Vanderlei Luxemburgo - que nesta semana virou alvo do Santos, que está prestes a perder Jorge Sampaoli para o Racing, da Argentina. Por esse motivo, o cruz-maltino irá se reunir com o treinador nesta sexta-feira. Em pauta: planejamento.

Depois do empate em 1 a 1 com o Goiás, na última segunda-feira, o presidente Alexandre Campello teve uma rápida conversa com seu treinador, mas ainda informal. Nesta sexta, o dirigente e o técnico voltam a conversar para discutir a próxima temporada do Vasco, colocar idéias na mesa, números em papéis e rascunhar o que está por vir.

Contratado no meio de 2019, Luxemburgo tem contrato apenas até o fim de dezembro. O futuro ainda é incerto. Para renovar, o técnico quer ouvir o planejamento que será apresentado pelo Vasco, o que ainda não aconteceu. A expectativa é de investimento maior do que na atual temporada para que o Cruz-Maltino consiga alçar vôos mais altos e não lutar contra o rebaixamento no Brasileirão, por exemplo.

Vanderlei Luxemburgo e Campello em uma das partidas do Brasileirão.
Vanderlei Luxemburgo e Campello em uma das partidas do Brasileirão - Imagem: Rafael Ribeiro.

Algo já dito por Luxemburgo na última semana - no que condicionou a sua permanência em São Januário:

"Independentemente de renovar contrato ou não, o Vasco tem de pensar em coisas diferentes no ano que vem. Você não pode brigar para não cair todo ano. Quando cheguei, disse que não cair era obrigação, porque o Vasco precisa sair desse patamar. Tem de se pensar em planejamento. É fundamental que tenha planejamento. Tem de botar no papel", disse o técnico na ocasião.

Assim como Luxemburgo, o preparador físico Antônio Mello e o auxiliar técnico Maurício Copertino não sabem se permanecem em 2020. A decisão deverá partir do treinador, responsável por levá-los para o Vasco quando foi contratado.

O clube, em contrapartida, já tem suas idéias "rascunhadas" para 2020 - e Luxemburgo está nelas. A intenção do presidente Alexandre Campello é de gastar 20% a mais com salários de jogadores na próxima temporada. Em 2019, o orçamento previa R$ 38 milhões para isso, então no próximo ano o departamento de futebol teria R$ 45,6 milhões.

Mas o planejamento, ao qual Luxemburgo se refere, não é apenas financeiro. O técnico, se renovar para a próxima temporada e tiver a oportunidade de iniciar 2020 no Vasco, pretende participar da montagem do elenco, para definir prioridades, possíveis saídas, alvos e tudo o que envolver o departamento de futebol do clube.

Por esses motivos, as próximas reuniões serão decisivas para o futuro do Vasco. A diretoria pretende apresentar um planejamento para Luxemburgo já nesta sexta-feira, para poder discutir mais detalhes nas reuniões seguintes.

Luxemburgo foi contratado pelo Vasco com a missão de salvar a equipe do rebaixamento no Campeonato Brasileiro e foi o que fez. O técnico comandou o time em 33 partidas: Obtendo 14 vitórias, 10 empates e 9 derrotas - somando então 43 pontos - visto o 1 ponto que a equipe já tinha quando esse assumiu a função.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal