Torcedores vascaínos protestam na porta da sede do clube, em São Januário.

Um grupo de 100 torcedores foram até a porta da sede do Cruz-Maltino, em São Januário, para protestar contra Alexandre Campello – presidente do clube e alguns outros dirigentes.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Na lanterna do Campeonato Brasileiro, os torcedores do Vasco da Gama cansaram da situação vivida pelo clube e pedem a saída imediata de seu presidente. Um grupo de 100 torcedores foram até a porta da sede do Cruz-Maltino, em São Januário, para protestar contra Alexandre Campello – presidente do clube e alguns outros dirigentes.

Alexandre Campello - presidente do Vasco da Gama.Alexandre Campello - presidente do Vasco da Gama.

No entanto, Campello não foi o único a ser cobrado pela situação do time no campeonato nacional; o presidente do Conselho Deliberativo do clube – Roberto Monteiro também foi cobrado pelos torcedores, que defendem a adoção de eleições diretas, com a participação dos sócios.

Além dos dois, Paulo César Gusmão – coordenador técnico do Vasco também teve seu nome envolvido nessa manifestação, que foi pacífica. Pelo lado dos atletas, o nome de Yago Pikachu foi lembrado.

Torcedores mostraram faixas em forma de protestos.Torcedores mostraram faixas em forma de protestos.

Com um empate em 1 a 1, diante do Corinthians, no último compromisso pelo Campeonato Brasileiro, no fim de semana passado, em Manaus, deram ao Vasco o seu primeiro ponto na competição – ponto esse que não foi suficiente para tirar o time da lanterna do torneio. Sem jogos no meio da semana, o Cruz-Maltino terá tempo para se preparar para seu próximo compromisso pelo Brasileirão, diante do Santos, no próximo domingo, no Pacaembu.

Vale lembrar que a direção vascaína ainda está atrás de um treinador para seu time principal, aonde Marcos Valadares vem comandando a equipe na Série A nestas três primeiras rodadas. O Vasco está sem treinador “oficial” desde a saída de Alberto Valentim, demitido ainda durante o Campeonato Carioca.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal