O Vasco estaria muito próximo de anunciar a chegada de um grande reforço, segundo as últimas informações do site italiano "Calciomercato", que informa nesta quinta-feira o possível acerto entre o cruzmaltino e o atacante Mario Balotelli; sim Balotelli.

Ainda de acordo com o site em questão, o centroavante poderá nos próximos dias fechar um acordo por até dois anos com o clube brasileiro, onde esse receberia algo em torno de R$ 9,5 milhões; além de bônus por desempenho.

Sem vínculo

Como o atacante está sem vínculo algum, uma vez que rescindiu seu contrato com o Brescia em junho do ano passado, ele pode sim ser anunciado a qualquer momento pelo Vasco da Gama. Balotelli que na verdade teve seu contrato rescindido pelo time italiano por "justa causa", vem treinando no modesto Franciacorta - time da quarta divisão do campeonato nacional

Sondagens

Além do Vasco que poderá anunciá-lo em breve, Balotelli também andou na última abertura da janela de transferências na mira do Bologna e do Genoa - ambos da Itália, aonde nenhum desses conseguiu chegar a um acordo com o atleta em questão.

Balotelli que é uma promessa do presidente eleito do Vasco - Luiz Roberto Leven Siano, que aguarda a homologação das eleições vascaínas, publicou recentemente em sua conta no Instagram uma mensagem do atacante italiano parabenizando pela vitória nas urnas, dando fortes indícios de um acerto entre as partes.

Na última temporada, esse mesmo jogador que hoje pode vir a assinar com o cruzmaltino, esteve muito próximo de ser anunciado pelo Flamengo, mas o acordo que estava em um estágio avançado, não fora fechado.

Último clube de Balotelli

Em seu último clube, o atacante de 30 anos marcou apenas cinco gols em 19 jogos disputados e se tal informação for confirmada nos próximos dias pela direção do Vasco, ele encontrará um time colocado na 16ª posição na tabela de classificação do Brasileirão, com 24 pontos e de quebra lutando para se afastar da zona de rebaixamento. Lembrando sempre que o time carioca aqui em questão é atualmente comandado pelo português Ricardo Sá Pinto.