Um pouco antes das férias da F1, Aston Martin contrata Fernando Alonso

A Aston Martin estava bastante preocupada após Sebastian Vettel anunciar sua aposentadoria na Fórmula 1. Assim, para fazer dupla com Lance Stroll, a equipe verde da F1 gostaria de um piloto experiente no lugar do tetracampeão da categoria.

Em suma, na manhã do primeiro dia de férias, a Scuderia confirmou que fechou contrato com Fernando Alonso, piloto espanhol bicampeão que está na Alpine neste ano.

Fernando Alonso é o novo piloto da Aston Martin

Antes de mais nada, Alonso, de 41 anos é o piloto mais experiente da F1 atualmente, com 237 GPs no currículo. Como resultado, Ele estreou na categoria em 2001 e retornou definitivamente em 2003, retirando-se em 2018 e fazendo um segundo retorno em 2021.

“A Aston Martin está claramente aplicando a energia e o compromisso para vencer e, portanto, é uma das equipes mais empolgantes da Fórmula 1 hoje. Vi como ela atraiu sistematicamente grandes pessoas com pedigrees vencedores e percebi o enorme compromisso com novas instalações e recursos em Silverstone. Ninguém na Fórmula 1 hoje está demonstrando uma visão maior e um compromisso absoluto com a vitória, e isso faz com que seja uma oportunidade realmente empolgante para mim”, declarou Alonso após a conclusão de transferência.

Hoje, o bicampeão representa a Alpine, antiga Renault, com a qual conquistou seus Mundiais. Ele já passou também pela McLaren e Ferrari e é o sexto maior vencedor da história, com 32 triunfos.

Outro motivo para a mudança é que  Fernando tem contrato com a equipe francesa até dezembro de 2022. Além disso, o jovem Oscar Piastri, piloto de testes da Alpine, tem uma clausula em seu contrato que é “obrigatório” uma vaga no grid em 2023.

Vale destacar que Alonso surgiu como um dos maiores rivais no tetracampeonato de Vettel, entre 2010 e 2013. Inclusive no acirradíssimo ano de 2012. Em 2015, quando o espanhol migrou para a McLaren e Vettel quem surgiu para substituí-lo na Ferrari, na qual permaneceu até 2020.

Férias na F1

Após o GP da Hungria que ocorreu neste fim de semana, a Fórmula 1 entrará de “férias” por um mês. Decerto, na próxima corrida que será na tradicional pista de Spa-Francorchamps, na Bélgica. Por fim, as equipes devem vir com boas mudanças trazendo um campeonato de meio de tabela mais acirrado.

Foto Destaque: Divulgação / F1

Olá, meu nome é Bruno Gabriel, tenho 21 anos e estudo Jornalismo na Universidade Metodista de São Paulo. Pretendo seguir na área de esportes, é um sonho desde criança. Espero [...]