Veja aqui uma lista com treinadores livres no mercado nacional

Entre 22 treinadores selecionados nesta matéria, destacamos ainda 10 profissionais que possuem certo "renome" na Série A do futebol brasileiro.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Com alguns clubes da "Série A" do Brasileirão sem treinadores, como é o caso do Internacional atualmente e com tantos outros ameaçados, nós trazemos até você algumas opções de profissionais da área livres no mercado da bola.

Rodrigo Santana:

A mais nova opção livre no mercado de treinadores é Rodrigo Santana, ex-treinador do Atlético-MG, que fora demitido neste último final de semana após a goleada do Grêmio sobre o "Galo" por 4 a 1, no Independência, acabando assim com um ciclo de 41 partidas pelo clube mineiro.

Odair Hellmmann:

Depois de Rodrigo Santana, aparece Odair Hellmann, ex-treinador do Colorado que foi desligado do clube depois de ficar quatro partidas sem vitórias pelo campeonato nacional. Hellmann permaneceu no comando técnico do Inter por quase dois anos, onde comandou a equipe em 116 jogos, obtendo um aproveitamento de 60,34%.

Cuca:

O treinador Cuca pediu para deixar o São Paulo no último mês após derrota para o Goiás, por 1 a 0 no Morumbi; deixando assim o Tricolor Paulista após 26 partidas no comando técnico, com um aproveitamento de 47,4%.

Felipão:

Luiz Felipe Scolari deixou o Palmeiras após ser derrotado pelo Flamengo por 3 a 0, no Maracanã e muito também pela eliminação na Libertadores diante do Grêmio, com uma derrota por 2 a 1, no Pacaembu - frustrando assim os planos do "Verdão".

Levir Culpi:

O profissional em questão não resistiu à pressão e acabou sendo demitido do "Galo Mineiro" em abril e desde então o treinador segue livre no mercado.

Dorival Júnior:

O último clube do treinador foi o Flamengo, no último trimestre de 2018, levando o Rubro-Negro a Libertadores, porém, o mesmo não teve seu contrato renovado ao final do mesmo ano e em 2019 ainda não foi confirmado em clube algum - Dorival foi recentemente diagnosticado com câncer na próstata, que passou por um procedimento cirúrgico para retirada do tumor.

Lisca:

Após conseguir livrar o Ceará do rebaixamento na última temporada, o técnico em questão acabou sendo demitido do "Vozão" após a perca do título estadual para o Fortaleza e desde então está livre no mercado.

Jair Ventura:

O último trabalho deste técnico foi no Corinthians, em 2018 e após a passagem pelo mesmo, está livre e em busca de um novo clube para dirigir, mas dificilmente ele aceita uma proposta na metade da temporada, devendo voltar à ativa somente em 2020.

Ricardo Gomes:

Sim, ele ainda está no mercado; após deixar o comando técnico do Bordeaux no mês de fevereiro, o profissional que tem passagem no futebol brasileiro com treinador do Botafogo, São Paulo e Santo, está em busca de um novo clube para comandar.

Celso Roth:

O último clube comandado pelo treinador de 61 anos foi o Internacional, em 2016. O comandante técnico aqui comentando tem passagem ainda por Grêmio, Santos, Palmeiras, Flamengo, Vasco e Atlético-MG e segue livre no mercado da bola.

Odair Hellmann (ex-Inter) e Felipão (ex-Palmeiras).Odair Hellmann (ex-Inter) e Felipão (ex-Palmeiras).

Além desses 10 treinadores que destacamos na matéria, ainda estão livres e em busca de um clube para comandar em 2019 ou 2020, nomes como: Dunga, Thiago Larghi, Givanildo Oliveira, Cristóvão Borges, Milton Cruz, Enderson Moreira, Marcelo Oliveira, Rogério Micale, Maurício Barbieri, Vinícius Eutrópio e Joel Santana.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal